Escolha uma Página


Lauro Jardim

O general Fernando Azevedo e Silva, novo comandante da Autoridade Pública Olímpica, tem dito reservadamente a alguns interlocutores que está atrasada, muito atrasada, muito mesmo, a execução da infraestrutura energética para a Olimpíada.
Ou seja, do suprimento de energia a estádios e empreendimentos que suportarão a demanda dos jogos. Por falhas do governo, o planejamento inicial já está comprometido.
Radar Online (Veja)/montedo.com
Skip to content