Escolha uma Página
Piraí (RJ ) – O soldado da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras), Rodrigo Barboza, de 20 anos, foi preso suspeito de tráfico de drogas, na tarde de anteontem, por volta de 16h, na Rua Varjão, no Centro.
Com ele também foi preso Jorge Luiz Portes Tavares, de 19 anos. A prisão foi realizada próximo à Escola Municipal Rosa Carelli. Um menor chegou a ser detido na mesma ocorrência, porém foi liberado após prestar depoimento na 94ª DP (Piraí) – onde o caso foi registrado.
De acordo com o registro, durante a abordagem, Jorge teria revelado que estava vendendo a droga a pedido de Rodrigo. Os policiais apreenderam dois papelotes de cocaína.
Os policiais que realizaram o flagrante na 94ª DP, explicaram que a dupla foi autuada por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Segundo eles, o crime é caracterizado pela comercialização do entorpecente – independente da quantidade apreendida. Os agentes ainda confirmaram que Rodrigo é militar e serve ao exercício na Aman, em Resende.

Leia também:
Posicionamento
Em nota, a Aman informou que após a lavratura do auto de prisão em flagrante pela autoridade policial, o soldado Ricardo Barboza foi conduzido para a prisão do Batalhão de Comando e Serviços da Aman, onde permanece preso à disposição da Justiça comum.
O comando da Academia Militar das Agulhas Negras informou que tão logo tomou conhecimento da ocorrência, determinou a instauração de um procedimento administrativo e coloca-se à disposição da Justiça no que for necessário para a apuração dos fatos. Se for comprovada a denúncia feita pela autoridade policial, o soldado será excluído do Exército Brasileiro.
Diário do Vale/montedo.com
Skip to content