Escolha uma Página
Soldado da Aeronáutica morre após tiro disparado por colega de plantão
A vítima foi atingida quando estava a serviço dentro da base militar.
Segundo o autor do disparo, tiro teria sido acidental.
Roseanne Oliveira Do G1 MA

O soldado da aeronáutica Rhadyell Carlos Vieira Martins, 20 anos, morreu na tarde de domingo (29) após ser atingido com um tiro dentro da base militar do Comando da Aeronáutica (Comaer), no município de Raposa, região metropolitana de São Luís. O disparo teria sido acidental e foi feito por outro soldado que também estava de plantão.
Soldado Rhadyell foi vítima de disparo feito
por colega (reprodução TV Mirante)
A ocorrência foi registrada às 22h do domingo, no Plantão Central da RFFSA, na Avenida Beira-Mar. Segundo informações do delegado da polícia civil que registrou o caso, Gutemberg Carvalho, o soldado Rhadyell foi atingido por volta das 16h com um tiro na região do tórax, por uma pistola calibre 9 mm, em uma possível brincadeira entre os soldados.
O jovem ainda foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Araçagi, mas não resistiu ao ferimento e faleceu.O corpo do soldado está sendo velado na manhã desta segunda-feira (30), na casa da família, no bairro Coroadinho.
Segundo informações da Aeronáutica, o militar que estava de plantão com o soldado Rhadyell na hora do ocorrido foi preso e vai ficar à disposição da Justiça Militar até que o fato seja esclarecido. O caso será investigado pela Polícia Federal.

Veja nota na íntegra da Assessoria de Comunicação da Aeronáutica:

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que, na tarde deste domingo (29), o soldado Rhadyell Carlos Vieira Martins, 20 anos, do efetivo do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), faleceu vítima de disparo com arma de fogo. O soldado Jordy Alexandre Moraes Santos, que estava no local, está detido no CLA aguardando inquérito policial militar que irá investigar a ocorrência.

(R.A)
G1/montedo.com

Skip to content