Agora vai: Comissão de Ética da Presidência vai analisar uso de aviões da FAB por ministros

Nota do editor: aos leitores não familiarizados com o estilo do blog, esclareço que a manchete aí em cima é uma ironia.


Viagens suspeitas
Comissão vai analisar se houve desvio ético no uso de aviões da Força Aérea Brasileira por ministros
Casos foram distribuídos para relatores, que decidirão pela abertura de procedimento preliminar
Imagem: Ricardo Hebmuller – Montagem: montedo.com
A Comissão de Ética da Presidência da República vai analisar os casos de uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) por ministros em viagens particulares e acompanhados por parentes.
O presidente da comissão, ministro Américo Lacombe, disse nesta segunda-feira que, após receber as denúncias contra os ministros do Esporte, Aldo Rebelo, e da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, os casos foram distribuídos para relatores, que decidirão pela abertura ou não de procedimento preliminar.
Lacombe evitou comentar as denúncias e o possível desvio ético dos ministros no uso das aeronaves.
— Não posso falar sobre isso, isso depende do que for julgado, se eu falasse agora estaria pré-julgando — disse.
Rebelo usou avião da FAB para ir a Cuba com a família no carnaval deste ano. Já Garibaldi viajou de um compromisso oficial no Ceará para o Rio de Janeiro em avião oficial para assistir à final da Copa das Confederações, disputada no dia 30 de junho no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã.
O caso de Rebelo terá como relator o conselheiro Marcelo Alencar de Araújo e o de Garibaldi será analisado pelo conselheiro Mauro Menezes. A próxima reunião da comissão está marcada para o dia 19 de agosto.
Na sessão desta segunda-feira, a comissão decidiu arquivar o caso do ex-secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, por usar carro oficial para ir à academia.
Segundo Lacombe, Teixeira usaria o carro para ir do ministério para casa, mas o deixou na academia. Como o percurso até o local era menor que o de casa e o carro oficial não teve que esperá-lo, a comissão considerou que não houve desvio ético.
No entanto, segundo Lacombe, Teixeira levou “um puxão de orelha” pela “imprudência”. Teixeira foi exonerado do ministério no começo de julho e nomeado para a função de assessor do gabinete adjunto de gestão e atendimento do gabinete pessoal da Presidência da República.
O colegiado também arquivou nesta segunda-feira o procedimento preliminar aberto contra o ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, pelo acúmulo da chefia da pasta com o cargo de vice-governador de São Paulo.
AGÊNCIA BRASIL/montedo.com

Corrigir

11 respostas

  1. Quanta besteira. Para os leigos, que são milhares ou talvez milhões, em Brasília existe desde a inauguração da Base Aérea, três esquadrões ligados a atividade fim da FAB, ou seja, o voo. Tem o ESM, esquadrão de suprimento e manutenção de aeronaves, O 6ºETA, Esquadrão de transporte Aéreo e o GTE, Grupo de Transporte Especial. Até a alguns anos atrás, somente o GTE transportava autoridades, militares e civis, porque foi CRIADO para este fim, hoje o 6ºETA também faz estas missões. Os militares NÃO TEM poder nenhum sobre essas missões. Missões são "pagas" e militar está ali para cumprir, câmbio.

  2. As missões são pagas e as diárias são muito bem vindas,o salário de fome proporciona esse desvio de caráter, cumprir a "missão" mesmo sabendo que é uma safadeza!!!

  3. Prezado Montedo, é mais uma tramóia para amenizar o escândalo! Vão julgar que eram viáveis as viagens e vai terminar tudo em PIZZA de macheira…! Infelizmente! Pode escrever, quem viver verá!
    Lucio Lucena do "blog do "Saco Mucho".

  4. Parece-me que o FLP Lagoas que comentou dia 31 de julho de 2013 10:13 não entendeu ou melhor, pelo jeito ele gostaria de cumprir as missões com os custos (dinheiro) do próprio bolso. Fala que não vai cumprir a missão pra ver o que acontece contigo, amigo, isso é crime militar, você entendeu ou quer que eu desenhe. Machão!!!

  5. Ao anônimo corajoso de 31 de julho:Não sou machão, mas não me escondo no anonimato, se você for um pouquinho inteligente vai entender o meu recado: Quem se junta aos porcos, acaba comendo farelo! Pelos termos empregados com certeza você é um bitolado e acha que ficar transportando esses políticos nojento faz parte da. quem sabe, sua "missão".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo