Escolha uma Página
Vant da PF finalmente levanta voo para patrulhar fronteira
Finalmente depois de tanto tempo vai levantar voo este equipamento (VANT) que seria de tanta utilidade à segurança nas fronteiras brasileiras. Mas como tudo no Brasil é melhor não comemorar e esperar.
O superintendente Regional da Polícia Federal no Paraná, o delegado José Alberto Iegas, afirmou ontem durante visita à Delegacia Regional da PF em Cascavel que o Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado), que está na base em São Miguel do Iguaçu, começará a operar ainda em 2012.

Leia também:
Desperdício: avião não tripulado (VANT) da PF, que deveria vigiar fronteiras, nunca saiu do chão

O equipamento de tecnologia israelense que custou R$ 8 milhões à União e que foi apresentado oficialmente há um ano, mas que nunca foi visto em operação de controle e monitoramento da fronteira, não será entregue à FAB (Força Aérea Brasileira), mas será utilizado em parceria com essa e outras instituições estaduais e federais da área de segurança pública.
Legas afirmou que todos os ajustes foram feitos. Isso inclui um dos principais problemas do projeto que se referia a questões contratuais de manutenção da aeronave.
Em fase de recomposição interna depois da greve, o que se espera agora é uma oxigenação da PF em toda a região.
“Esperamos que ainda neste ano, no máximo no início do próximo, mais profissionais estejam trabalhando nas delegacias da PF de Guaíra, Foz do Iguaçu e Cascavel”, destacou.
Esse reordenamento vai ganhar ainda mais fôlego com um convênio que promete ser assinado na próxima semana em Foz do Iguaçu envolvendo a Itaipu Binacional e a diretoria-geral da PF e o Nepom (Núcleo Especial de Polícia Marítima).
O objetivo é monitorar de forma conjunta o lado que separa o Brasil com o Paraguai. Ele é o principal meio de logística utilizado por contrabandistas e traficantes.
Caserna Papa Mike/montedo.com
Skip to content