Escolha uma Página
Exército e Universitários juntos em ação social
No último final de semana, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva deu continuidade a um programa iniciado no ano passado, no qual estudantes universitários participam ativamente das Ações Cívico-Sociais (ACISO) promovidas pelo Exército.
Nessas ações realizadas, a população mais desassistida, residente em áreas de difícil acesso, foi atendida por equipes integradas, compostas de profissionais do Exército (médicos, dentistas e advogados) e estudantes dos cursos de Medicina, Odontologia, Enfermagem e Direito da UNIR, UNIRON e Faculdade São Lucas.
“Este programa foi iniciado em 2011, num trabalho pioneiro da Brigada em parceria com a Faculdade São Lucas. O resultado foi tão positivo, que resolvemos expandi-lo neste ano, de tal forma que pudemos contar, também, com acadêmicos da UNIR e da UNIRON. Nos atendimentos que realizamos, os estudantes têm oportunidade de colocar em prática o que aprenderam na faculdade e, além disso, travam contato diretamente com um Brasil mais distante, presenciando uma realidade até então desconhecida, e isso já representa um enorme ganho de experiência pessoal e profissional para esses jovens.”- explicou o Chefe do Setor de Comunicação da 17ª Brigada de Infantaria de Selva.
A ação social ocorreu em paralelo com a Operação ÁGATA 6, sob coordenação do Ministério da Defesa. Para o transporte das equipes, foram utilizadas viaturas, embarcações e helicópteros do Exército, além de aeronaves da Força Aérea.
Os atendimentos do último fim-de-semana foram realizados na comunidade indígena da Aldeia Deolinda – situada cerca de 50 km rio acima a partir de Guajará Mirim – e nas localidades de Vista Alegre do Abunã, Pimenteiras do Oeste e Cabixi, todas no estado de Rondônia. Ao todo, foram realizados mais de 1500 atendimentos médicos, 400 atendimentos odontológicos e 600 procedimentos.
“Quem mais ganha com esse tipo de parceria é a população mais necessitada, foco maior de todo esse trabalho. Com a participação dos estudantes, nossa capacidade de atendimento se multiplica e as pessoas podem receber um atendimento diferenciado, de ótima qualidade, praticamente na porta de casa.” – afirmou o General Ubiratan Poty, Comandante da Brigada.
RondoNotícias/montedo.com
Skip to content