Escolha uma Página
Operação em seis comunidades prende 10 suspeitos de participar da chacina da Chatuba
Metralhadora antiaérea apreendida por policiais da 28 DP (Campinho) no Complexo do Chapadão
Foto: Bruno Gonzalez / Extra
Bernardo Costa
Operação realizada na manhã desta sexta-feira em seis comunidades da Zona Norte terminou com 10 presos. O objetivo da megaoperação desencadeada pelas polícias civil e militar era prender traficantes envolvidos na chacina da Chatuba. Mas, até agora, não houve a confirmação por parte da polícia. Quatro menores também foram detidos e um homem foi morto ao trocar tiros com policiais no Morro do Cajueiro, em Madureira.
No Complexo do Chapadão, em Costa Barros, policiais da 28 DP (Campinho) apreenderam uma metralhadora antiaérea. 30.
De acordo com o coronel Saulo, chefe de comunicação do CML, o armamento caiu em desuso, e era utilizado pelas Forças Armadas “há mais de 50 anos”:
– É um tipo de arma que foi empregada na Segunda Guerra Mundial e já não é mais utilizada. Ela pode ter sido retirada do acervo de algum colecionador ou de algum museu.

– Ela estava em um local que parecia um comércio desativado, próximo a uma boca de fumo conhecida como 24 horas. Ao lado, também encontramos uma casa com diversos materiais para indolação de drogas – disse o oficial de cartório Araújo, da 28 DP.
O policial apontou a região de Costa Barros como a mais crítica do Rio de Janeiro.
– As lideranças das três facções criminosas do Rio estão lá – comentou Araújo.
De acordo com o tenete Puga, relações públicas do BAC, foram apreendidos, ainda no Chapadão, cerca de 144 quilos de maconha, além de quantidades menores de crack, cocaína e haxixe. O material foi encontrado na Travessa Javatá, na Boca do Escondidinho, e numa mata da localidade conhecida por Vilage.
– Assim, nós batemos a meta do batalhão neste ano: atingir a marca de uma tonelada de drogas apreendida – destacou o tenente.
Além do Morro do Cajueiro, onde foram apreendidas drogas e armas, e do Chapadão, também ocorreram operações no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, onde drogas também fora apreendidas. Também houve incursão nas comunidades do Job, na Pavuna; e Final Feliz e Bom Tempo, em Anchieta. Ao todo, participaram da ação conjunta 356 policiais: 256 da Polícia Militar e 100 da Polícia Civil. Também ocorreram blitzes no entorno dos complexos do Jacarezinho e Manguinhos.
Extra/montedo.com
Skip to content