Escolha uma Página
Capitão da Aeronáutica é preso pela PRF na via Dutra
A Polícia Rodoviária Federal prendeu em flagrante um capitão da aeronáutica na altura do km 18 da rodovia Presidente Dutra no final da tarde de terça-feira no município de Lavrinhas, em São Paulo.
Os policiais abordaram o capitão, que estava em um Hyundai com placa do Rio de Janeiro. Segundo a PRF, a carteira de habilitação era falsa e foi localizado dentro do porta-malas três metralhadoras, um fuzil e um lança granada.
O condutor de 31 anos identificou-se como capitão da Força Aérea Brasileira (FAB) e afirmou que as armas eram de pressão e que havia adquirido há algum tempo para participar de um treinamento. De acordo com a PRF, foram localizados também R$ 70 mil no banco do motorista e R$ 4.440 no console central em dinheiro.
O capitão informou que havia emprestado o dinheiro para uma pessoa, que não soube identificar, de São Paulo e que costumeiramente realizava este tipo de transação financeira. Ele foi encaminhado à Polícia Federal de Cruzeiro, (SP), onde foi preso em flagrante por uso de documento falso, sendo recolhido para base da FAB em Guaratinguetá, também no Estado paulista, pela Polícia da Aeronáutica. O dinheiro e as armas foram apreendidos e encaminhados para perícia técnica para possível enquadramento penal posterior.
A FAB, em nota, confirmou que há indícios de falsificação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o capitão permanece preso à disposição da Justiça em Guaratinguetá. O Comando da Aeronáutica colabora com a investigação conduzida pela autoridade Policial Federal.
Terra/montedo.com
Skip to content