Escolha uma Página
Cerca de 2 mil protestam na Urca contra torturador da ditadura
Rio – Manifestantes da Articulação Nacional pela Memória Verdade e Justiça realizaram um protesto na Urca, na Zona Sul, na manhã desta terça-feira, contra um suposto torturador que atuou na ditadura militar. De acordo com a PM, cerca de 2 mil pessoas, a maioria estudantes, participaram da manifestação. O grupo pedia punição ao militar reformado.
Foto: Leitor @ferasdoasfalto
Foto: Leitor @ferasdoasfalto
Guardas municipais e policiais militares do Batalhão de Choque reforçaram a segurança. Em frente ao número 96 da Avenida Lauro Muller, que ficou parcialmente interditada por policiais, os manifestantes exibiram um cartaz onde se lia “Aqui mora um torturador”. Homens do Batalhão de Choque isolaram a área e até moradores tiveram dificuldade em acessar os prédios.
Grupos que participam da Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20, que acontece no Aterro do Flamengo, também estiveram na manifestação. Devido à manifestação, o trânsito nas ruas da Zona Sul ficou bastante complicado na manhã desta terça-feira. Os manifestantes ocuparam uma faixa da Avenida Pasteur na altura da Praia da Urca, e seguiram pela Avenida Venceslau Brás e Avenida Lauro Muller, onde se concentraram. Houve reflexos na Avenida Atlântica, em Copacabana, na pista sentido Botafogo. Agentes da CET-Rio, PMs e guardas municipais estiveram no local acompanhando os manifestantes.
‘Esculachos’
No mês passado, cerca de cem pessoas protestaram em frente ao prédio onde mora o tenente-coronel reformado Maurício Lopes Lima, que foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) como torturador. Integrantes do grupo Levante Popular da Juventude, que organiza os atos conhecidos como “esculachos”, disseram ter recebido informações de que o ex-militar, chamado de “torturador da presidenta Dilma”, estaria em casa, mas ele não se manifestou. O protesto teve início às 10h e durou uma hora, em frente ao edifício do tenente-coronel no Guarujá, litoral de São Paulo.
O Dia Online/montedo.com
Skip to content