Escolha uma Página
Jorge Serrão

Na fofocada entre petralhas, captada em conversinhas de pura tiração de onda, vaza uma comentário que pode interessar muito aos militares – sobretudo ao bolso deles. Embora tenha proclamado que 2012 não é o melhor momento para reivindicar reajustes salariais no serviço público federal, a chefona-em-comando Dilma Rousseff admite, por estratégia, abrir uma exceção para os militares, concedendo um daqueles aumentinhos em suaves prestações percentuais.

Será que o aumentinho sai? Pode ser… A eventual bondade de Dilma, atropelando reivindicações idênticas do pessoal do Judiciário, atenderia a um objetivo imediato, segundo avaliação do petralha falastrão que falou do tal “reajuste”, em estudo no Ministério da Defesa e na área Econômica. A Presidenta deseja neutralizar insatisfações das casernas para medidas políticas que pode ser obrigada a adotar, caso ocorra alguma “reviravolta conjuntural”. Traduzindo a expressão: a petralhada teme alguma denúncia grave que seja capaz de atingir diretamente o ex-Lula – o que poderia ser fatal para Dilma.
Qual será o medinho da petralhada? Ainda não se sabe. O certo é que quem tem… Tem medo… Mas como a previsão é de chumbo grosso, um reajuste concedido aos militares poderia, na avaliação do petralha falastrão, evitar “uma aliança deles com forças reacionárias que desejam atacar o governo Dilma e Lula”. Se a avaliação conspiratória do petralha fofoqueiro for procedente, os militares podem ganhar um reajuste rapidamente. Ou seja, para o bolso das legiões, tudo pode melhorar se a conjuntura piorar.

Leia também:
UAU! PROPOSTA DE REAJUSTE DOS MILITARES PREVÊ RECUPERAÇÃO INFLACIONÁRIA E GANHO REAL!
REAJUSTE DAS FORÇAS ARMADAS E O ABAIXO-ASSINADO: DESCULPEM-ME POR NÃO ACREDITAR.
DILMA SOB A PROTEÇÃO DE TROPA MAL PAGA
REAJUSTE DOS MILITARES É APOSTA DE JORNALISTA

Enquanto sofrem uma guerra psicológica permanente, junto com o sucateamento e a falta de recursos financeiros, os militares brasileiros dão grandes exemplos de superação. Os alunos Clara Luz de Souza Santos e Jackson Miguel M. de Barros Machado, do Instituto Militar de Engenharia (IME), obtiveram as primeiras colocações em todas as matérias aplicadas que cursaram, no semestre passado, na Academia Militar de West Point nos Estados Unidos da América. Os jovens militares brasileiros se destacaram entre os 4400 Cadetes que fazem treinamento e formação naquela escola que forma os futuros oficiais do Exército dos EUA. Parabéns!
Por aqui, o medíocre governo da petralhada só pensa em cortes de investimentos. Na área econômica, já se admite publicamente que o contingenciamento de recursos do Orçamento da União de 2012 terá de ser superior aos R$ 50 bilhões do ano passado, caso o governo queira cumprir a meta de superávit primário de 3,1% (equivalentes a R$ 97 bilhões) do Produto Interno Bruto (PIB). A execução orçamentária e o nível de contingenciamento deste ano serão definidos pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Miriam Belchior, na volta das férias, no dia 16.
A viabilidade de conceder o providencial aumentinho aos militares será sacramentada ou não neste meio tempo… Tudo é possível. Já que o imponderável parece jogar contra os planos de hegemonia da petralhada.
Alerta Total/montedo.com
Skip to content