Escolha uma Página
Soldados que dançaram funk com Hino Nacional são condenados no RS
Militares irão prestar serviços comunitários por um ano.
Caso ganhou notoriedade em maio após divulgação de vídeo pela internet.

Foram condenados nesta segunda-feira (19), em Bagé, no sudoeste do Rio Grande do Sul, os nove militares que dançaram o Hino Nacional em ritmo de funk. Eles haviam sido acusados de crime contra um símbolo nacional. O fato ocorreu em um quartel de Dom Pedrito em maio e ganhou notoriedade após a divulgação de um vídeo pela internet (confira ao lado).
Os nove soldados foram condenados a um ano de prestação de serviços comunitários. A atividade a ser desenvolvida será determinada pela Vara de Execuções Penais de Dom Pedrito.

Leia também:
POLÊMICA NO RS: SOLDADOS CRIAM VERSÃO FUNK DO HINO NACIONALFUNK NA CASERNA: UM SARGENTO-AVÔ ENVERGONHADO.

O julgamento ocorreu na auditoria militar. Durante o processo, foram ouvidas seis testemunhas de acusação e uma de defesa. A juiza Flávia Ximenes e um conselho militar consideraram os nove militares culpados pelo crime de desrespeito a um símbolo nacional. A promotoria alegou falta de ética e moral dos envolvidos.
A advogada sustentou que os jovens não sabiam que estavam cometendo um crime e que estavam arrependidos. A defesa deve recorrer em janeiro do ano que vem para o Superior Tribunal Militar.
G1/montedo.com
Skip to content