Escolha uma Página

ESPOSAS NA BRONCA

Ivone Luzardo, líder do movimento das esposas de militares, diz que, agora, só acredita em reajuste de soldos quando for pago. “Até agora, esse governo foi só enrolação”, afirma, sublinhando que deu voto de confiança ao governo e ele não foi honrado.
CASA CIVIL “OCUPADA”
Ivone refere-se à audiência prometida às esposas no 7 de setembro. “A ministra (da Casa Civil, Gleisi Hoffmann) estava sempre muito ocupada”, conta. “Promessa de audiência foi só para segurar ânimos”.
DESCONFIANÇA
Oficial destaca que a desconfiança em relação ao reajuste dos soldos cresce todo o dia. “Vem por e-mails e de toda a parte”, conta. “Enquanto isso, conheço gente contando os dias para ir para reserva, mas ainda acredito no aumento”.
Skip to content