Escolha uma Página
Cabo da Aman morre de traumatismo craniano após acidente

Samyla Duarte[email protected]
Um acidente causou a morte de mais um militar da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras) na manhã de ontem (24).
Segundo Solange e Luis, pais do Cabo Wellington Resende da Cruz, de 25 anos, ele caiu da altura de quatro metros de uma laje dentro da academia no último dia 7. Ele foi levado ao hospital Samer em estado grave com inchaço no cérebro e ficou em coma induzido.
De acordo com o hospital, Wellington teve duas paradas cardíacas, e na última não resistiu e morreu com o diagnóstico de traumatismo craniano às 10h30 desta segunda-feira.
As causas da morte não foram divulgadas à família, que soube do acidente por terceiros. Apenas a esposa da vítima recebeu informações. A assessoria de imprensa da Aman comunicou que a esposa do cabo foi a única indicada pelo próprio marido a ser prontamente avisada caso acontecesse algum acidente com ele.
O corpo dele está sendo velado na Assembleia de Deus do bairro Barra I, em Resende. Não há previsão para o horário do enterro.
No último dia 6, o cadete Renan Gama, da Aman, morreu no mesmo hospital, depois de passar mal em um treinamento em mata fechada na divisa de Resende com o estado de São Paulo.
Band
Skip to content