Escolha uma Página
Príncipe Harry inicia treinamento militar
O “Capitão Wales”, como é conhecido nas forças armadas, chegou nesta quinta-feira à base aeronaval americana
O príncipe, de 27 anos, não esconde seu desejo de voltar ao Afeganistão 
após uma primeira experiência – Sarah Candito/ AFP
O príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão à coroa britânica, chegou aos Estados Unidos para realizar a última etapa de sua atual formação como piloto de helicópteros Apache, anunciaram nesta sexta-feira fontes da casa real.
O “Capitão Wales”, como é conhecido nas forças armadas, chegou nesta quinta-feira à base aeronaval de Centro, onde será realizada a primeira parte dos treinamentos, informou o palácio de Saint James, gabinete dos dois filhos do príncipe Charles e da princesa Diana.
A segunda parte do exercício “Crimson Eagle” (Água Carmim), que no total durará “aproximadamente dois meses”, será realizada na base Gila Bend do Arizona (oeste).
O treinamento, que permitirá ao príncipe completar seu curso, inclui o manuseio de Apaches em montanha e deserto, de dia e de noite, assim como aulas de tiro com estas aeronaves projetadas para destruir tanques.
O objetivo é que os pilotos “adquiram experiência trabalhando em um local e em uma altitude similar com a que as tripulações do Apache podem se deparar em suas operações no exterior”, afirmou o comunicado.
O príncipe, de 27 anos, não esconde seu desejo de voltar ao Afeganistão após uma primeira experiência de 10 semanas como controlador de caça-bombardeiros em 2007/08, que foi interrompida quando a imprensa descobriu sua presença por medo de que se tornasse alvo dos talibãs.
A imprensa britânica publicou em junho que Harry tinha o acordo de princípio de sua avó, a rainha Elizabeth II, e de altos comandantes militares para uma possível nova missão neste país, mas afirmou que a decisão final – secreta – não seria tomada até o início de 2012.
Skip to content