Escolha uma Página

Caças da FAB bombardeiam pista clandestina no Amazonas; veja

Imagens editadas pela Força Aérea Brasileira mostram caças destruindo uma pista de pouso clandestina na floresta Amazônica, em uma região a cerca de 68 km de São Gabriel da Cachoeira (AM).

O bombardeio foi realizado no âmbito da chamada Operação Ágata, deflagrada na semana passada, que mobilizou mais de 3.000 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica.
O objetivo da operação, segundo a Aeronáutica, é coibir o tráfico de drogas e o contrabando de mercadorias na região da fronteira com a Colômbia.
A missão de destruição da pista contou com seis aeronaves da FAB, sendo quatro caças A-29 Super Tucano e dois helicópteros H-60 Black Hawk.
Antes do bombardeio, agentes da Polícia Federal e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) fizeram a inspeção da pista. Militares interditaram a área e alertaram moradores da região para que não se aproximassem.
A pista de pouso media cerca de 1.400 metros de comprimento e 15 metros de largura, o suficiente para receber pequenas aeronaves. Oito bombas de 230 kg foram utilizadas na missão, que impossibilitou pousos e decolagens na pista.
Skip to content