Escolha uma Página

O grafite se mostra como uma das formas de arte mais desesperadas que existem, uma necessidade urgente que alguém tem de deixar sua marca no mundo. E na guerra, por estar em contato com a brevidade da vida a todo o momento, essa necessidade se faz mais urgente ainda.

Idealizado pelo veterano de guerra Jason Parsons, o projeto The Graffiti of War nos mostra um olhar exclusivo sobre a arte de rua criada pelas tropas americanas no Iraque, reunindo imagens de grafites feitos por soldados em muros, tanques de guerra, canhões e carros abandonados.
O projeto pretende reunir essas imagens e transformá-las num livro, e com a renda das vendas apoiar organizações que ajudam veteranos com transtorno de estresse pós-traumático, usando a arte como método de terapia.
De memoriais feitos para soldados mortos pelas tropas inimigas a tanques pichados com frases como “Papai te ama”, todos os grafites foram criados por alguém com alguma emoção muito forte no momento. Alguns são elaborados, outros muito simples, mas todos nos contam alguma história de orgulho, raiva ou tristeza, muitas vezes coberta de humor negro.
Globo

Graffiti of War

Skip to content