Escolha uma Página
SUB-OFICIAIS E SARGENTOS RECEBEM 96 APARTAMENTOS EM LADÁRIO
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ladário
Ladário viveu um momento histórico nesta terça-feira, quando o almirante de esquadra Júlio Soares de Moura Neto, comandante da Marinha, inaugurou oito prédios com 96 apartamentos no conjunto Seac, novo lar para famílias de sargentos e sub-oficiais que servem no 6º Distrito Naval. O investimento garante a chegada de cerca de 380 pessoas ao bairro Mangueiral. “O patrimônio da Marinha são as pessoas. Não adianta termos máquinas, equipamentos e armamentos se não contarmos com militares unidos e motivados”, destacou o comandante Moura Neto, ao lado da esposa Sheila, diretora do grupo Voluntárias Cisne Branco.
Moura Neto lembrou que a Marinha vive um ano difícil, se comparado aos quatro anos anteriores, e se vê obrigada a administrar os cortes no orçamento determinados pela presidente Dilma Rousseff. Garantiu, no entanto, que todos os investimentos serão mantidos. “Estabelecemos prioridades e vamos continuar valorizando a qualidade de vida da família naval, com investimentos na área de habitação, saúde e assistência social”, ressaltou.
O prefeito José Antonio afirmou que a contrapartida do poder público será a pavimentação asfáltica da rua 17 de Março, que passa ao lado, a inauguração do Posto de Saúde do Seac e a construção de uma praça no Centro Comunitário do Seac, ainda este ano. “Nossa parceria se concretiza em doação de veículos, programas sociais e nas relações humanas entre o povo ladarense e a Marinha”, ressaltou o prefeito.
Para os contemplados com as moradias, significa o fim do aluguel em Ladário e Corumbá. Para morar com a família no novo apartamento, um sub-oficial ou sargento vai pagar apenas 4,5% do rendimento mensal. Parte desse recurso será usado para manter o próprio condomínio. O sub-oficial Sebastião Carneiro recebeu em nome dos novos moradores e chave simbólica do apartamento que vai morar com esposa e filhos a partir de maio. “Além do fim do aluguel, para nós significa paz e segurança que não encontramos em grandes cidades”, afirmou a nova moradora Ana Cláudia Silva, que há dois anos veio do Rio de Janeiro com o marido, sargento da Marinha.
Os novos prédios da Marinha são denominados internamente de Próprios Nacionais Residenciais (PNR). Estão situados a cerca de 450 metros da Base Naval de Ladário. O empreendimento engloba oito prédios de três andares e locais para estacionamento e lazer. Os prédios possuem fachadas com as cores clássicas da Marinha, branca e azul; central de gás; rede para telefone e internet; interfone; entrada social com guarita e acesso de serviço independente; rua interna e extensa, e área de gramado. Os apartamentos contam com três quartos, sendo uma suíte, com 96 metros quadrados de área construída.
Simbolismos
O comandante Moura Neto citou alguns simbolismos que marcam a ligação da Marinha com a população de Ladário. Uma delas é o fato de a Marinha estar presente na cidade desde 1873, coma construção do Arsenal Naval. Outra ligação é com a população, formada em grande parte por militares e reservistas. A Associação dos Militares da Reserva da Marinha é hoje o reduto dos reservistas e parceria da Marinha e da Prefeitura em programas e projetos sociais. Outra parceira surgida com a Marinha e citada pelo comandante é o projeto Forças do Esporte, que beneficia 150 crianças e adolescentes de Ladário. “A Marinha é feita não só pelos que vestem nosso uniforme, mas por aqueles que vestem nossos valores por baixo da pele”, afirmou Moura Neto.
Revista Pantaneira
Skip to content