Escolha uma Página
 O Exército vai instalar uma passarela sobre o Rio das Velhas, na BR-381, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde uma ponte cedeu nesta quarta-feira. De acordo com o coronel João Vicente Barreto Ferreira, seis caminhões com o material para a instalação vão sair de Itajubá, na Região Sul de Minas Gerais, nesta sexta-feira, e devem chegar à Grande BH no sábado.
De acordo com Ferreira, um oficial de engenharia do 4º Batalhão de Engenharia de Combate fez um estudo técnico no início da noite desta quinta-feira e chegou à conclusão de que é possível a instalação da passadeira. Ainda segundo o coronel, se não houver imprevistos, os trabalhos devem ser concluídos ainda neste sábado, no fim da tarde.
Nesta quinta-feira, moradores do local fizeram um protesto por causa da ponte, que foi interditada também para pedestres. Eles reclamam que na segunda-feira não terão como fazer a travessia para trabalhar.
A ponte cedeu, na altura do km 455 da BR-381. O trecho foi interditado nos dois sentidos e não há previsão de liberação. Segundo técnicos, os pilares de sustentação da estrutura cederam quase meio metro e há risco de desabamento. A BR-381 é a principal saída de Belo Horizonte para o Espírito Santo e Bahia.
Técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes Terrestres (Dnit) fizeram uma vistoria na ponte e afirmaram que ela terá que ser demolida. A construção de uma nova estrutura, segundo o departamento, pode durar até seis meses.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os motoristas terão que fazer um desvio pela MG-145, por Santa Luzia, mas a erosão limita o tráfego em meia pista. Nesta sexta, havia congestionamento de seis quilômetros, nos dois sentidos. Segundo a PRF, motoristas também podem fazer desvios pelos municípios de Mariana e Ouro Preto, na Região Central do estado. Este caminho aumenta a viagem em cerca de 90 quilômetros, de acordo com a polícia.
Para caminhões, a alternativa é a BR-356, passando por Ouro Preto.
O GLOBO
Skip to content