Escolha uma Página
Exército e Polícia Militar fazem varredura no Palácio do Planalto para encontro da presidente Dilma com Obama
Jailton de Carvalho e Luiza Damé
Um contingente de 3.500 militares e policiais foram mobilizados para fazer a segurança do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na visita a Brasília, segundo o Comando Militar no Planalto (CMP). Obama deve desembarcar por volta das 7h30m de hoje na Base Aérea de Brasília. No fim da tarde de ontem, militares do Exército e policiais militares fizeram uma varredura no Palácio do Planalto, onde Obama passará cerca de três horas, com a presidente Dilma Rousseff. Pela manhã foi feito um ensaio da chegada da comitiva oficial no Planalto.
Na maior estrutura de segurança montada para um único chefe de Estado no Brasil, deverão ser utilizados tanques, aviões, seis helicópteros, 75 motos e 352 carros. Atiradores de elite do Exército e da Polícia Federal vão se posicionar em pontos estratégicos próximos aos endereços por onde a comitiva de Obama passará. Militares especialistas em operações contra terrorismo, defesa química, biológica e nuclear também estarão prontos para entrar em ação em qualquer emergência.
– O grau de segurança é compatível com o risco. Nosso trabalho é garantir a máxima segurança a qualquer chefe de Estado. No caso específico do presidente Obama é garantir que ele chegue e saia de Brasília incólume — afirmou o coronel Carlos Penteado, da Seção de Comunicação Social do CMP.
Homens e cães farejadores percorreram Planalto
Por volta de 18h30m, um grupo de dez homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar do Exército e da Polícia do Exército percorreu corredores do Palácio com cachorros treinados para farejar bombas e equipamentos detectores de explosivos. O grupo se concentrou no Salão Oeste, onde foi montada a exposição de artistas brasileiras. Obama e Dilma vão visitar a exposição antes da reunião de trabalho.
A comitiva de Obama fez um ensaio geral, na manhã de ontem, do desembarque do presidente americano no Palácio do Planalto. Cerca de 12 carros com placas de Washington DC participaram do ensaio, entre eles a limusine blindada do presidente americano.
A Esplanada dos Ministérios, principal avenida de Brasília, será fechada. A agenda oficial começa às 10h deste sábado, em encontro com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.
O GLOBO
Skip to content