Escolha uma Página

Sargento reformado da Marinha é encontrado morto em Itaipuaçu
Fernanda Pereira



Moisés Fernandes de Araújo, de 72 anos, foi queimado vivo, enquanto dormia. Na casa, localizada na Rua 125, policiais encontraram garrafa de álcool e marcas de sangue
Um sargento reformado da Marinha foi queimado vivo, enquanto dormia, no bairro de Itaipuaçu, em Maricá. Segundo a polícia, vizinhos teriam percebido a movimentação na casa, localizada na Rua 125, por volta das 23h30 de sexta-feira. Eles entraram na propriedade para checar o que acontecia e encontraram o corpo do homem identificado como Moisés Fernandes de Araújo, de 72 anos, ainda em chamas.
O Corpo de Bombeiros e a polícia foram acionados. O delegado titular da 82ª DP (Maricá), que investiga o caso, informou que no local foram encontradas marcas de sangue e uma garrafa de álcool. Ele chegou a fazer diligências pelo local, em busca dos suspeitos, mas não encontrou os criminosos. A polícia investiga se a motivação do crime foi financeira.
“Temos dois suspeitos e estamos colhendo provas que comprovem a relação dessas pessoas com a vítima. Vamos solicitar informações à Marinha sobre beneficiários de possíveis pensões”, adiantou o delegado. Segundo familiares, Moisés era viúvo e morava com uma companheira em Maricá há alguns anos. Ele possuía dois filhos, que moram no Rio. O corpo ainda será submetido a exame de DNA para identificação oficial. Ele deverá ser enterrado na próxima segunda-feira, em Inhaúma.
O FLUMINENSE
Skip to content