Escolha uma Página
França segue apostando em transferência de tecnologia como trunfo do Rafale
Angela Pimenta
Depois de digerir a decepção causada pelo adiamento da decisão do governo Dilma Rousseff sobre a compra de caças para a Força Aérea Brasileira, a França segue apostando no quesito transferência de tecnologia na disputa que envolve também aviões americanos e suecos.
“Temos a confiança de que a proposta francesa é a favorita do governo brasileiro, pois é a única com transferência total de tecnologia,” disse ao blog uma fonte francesa próxima das negociações. 
“Com o Rafale, da Dassault, o Brasil não estaria apenas comprando o avião, mas também o know-how para construí-lo no país.”
Ainda segundo esta fonte, a decisão do governo brasileiro sobre o vencedor da disputa entre o Rafale, o americano F-18 Super Hornet da Boeing e o Gripen NG da Saab deve acontecer até julho.
A partir daí, se iniciariam as negociações para o fechamento do contrato, o que deveria durar de oito meses a um ano.
A conferir.
EXAME
Skip to content