Escolha uma Página
Raul Spinassé/Agência A TARDE
As autoridades alemãs abriram uma investigação à tripulação do navio-escola “Gorch Fock”, por suspeitas de um motim a bordo e denúncias de maus tratos.
Na origem do inquérito está a morte de uma jovem cadete, em plena navegação ao largo de São Salvador da Bahia.
A aluna de 25 anos estava a bordo do “Gorch Fock” no quadro do curso de oficial da marinha da escola de Muerwick, no norte da Alemanha.
Em novembro, a cadete caiu de uma altura de 30 metros de um dos mastros do veleiro. O incidente motivou protestos de outros tripulantes.
É a sexta morte a bordo do “Gorch Fock” nos seus 52 anos de existência.
Paralelamente, outro cadete disse ter sido vítima de assédio sexual por parte de três membros da tripulação.
Copyright © 2011 euronews
Leia também:
Skip to content