Escolha uma Página
do Portal Oficial de RO
Em audiência com o Ministro da Defesa Nelson Jobim, nesta sexta-feira (7), o recém empossado Governador de Rondônia, Confúcio Moura, pediu a ajuda das Forças Armadas para montar uma estrutura “de campanha” junto ao Hospital de Pronto Socorro João Paulo II, na capital, Porto Velho, até que se planeje e organize os fluxos de atendimento por parte do Estado.
Ariquemes Online
A situação do hospital é de “calamidade e desolação”, conforme afirmou ao site Ariquemes Online a presidente do Conselho Regional de Medicina de Rondônia, Inês Motta, que, em inspeção surpresa em 24 de novembro passado, flagrou cenas que causaram “tristeza e revolta”. “Encontramos um Hospital que mais parecia um enfermaria do front de guerra”, declarou Inês.
O Ministro Jobim garantiu ao Governador o envio de uma equipe multiministerial para avaliar a situação e definir o modelo de cooperação.
Com informações do blog de Confúcio Moura
Skip to content