Escolha uma Página
FX-2: NA FRANÇA, SÓ O GOVERNO E A DASSAULT ACREDITAM NA VENDA DOS RAFALE PARA O BRASIL
A agência France Presse informou que o governo francês ainda está confiante na venda ao Brasil do caça Rafale que está competindo no programa F-X2 da FAB, apesar do anúncio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que deixará a decisão para a sucessora Dilma Rousseff. Segundo a agência, o porta-voz do governo francês, Francois Baroin disse que “tem confiança” na venda, apesar de ter visto a declaração do presidente brasileiro.
Em compensação, diversos jornais franceses, entre el
es o “Le Monde” e o econômico “Les Echos”, a entrevista de Lula dada à TV Brasil, pode ter sido visto como um “golpe final no Rafale”, conforme editorial do “Le Monde”. Uma manchete do jornal “Libération” estava escrito que “A venda do rafale não foi mais do que uma miragem”, referindo-se ao atual caça francês no Brasil, o Mirage. O jornal “Le Point”, que não acredita mais no F-X2, diz que o caça “Rafale no Brasil, acabou!”, dizendo ainda que a Dassault não consegue encontrar compradores para seus caças pelo mundo.
Ainda segundo o jornal “Le Monde” a Dassault corr

Salvar agora

e o risco de ficar definitivamente de fora da competição caso a presidente eleita Dilma Roussef abra uma nova competição.
Apesar de o governo brasileiro seguidamente informar que preferia o caça francês, as diversas vezes que o governo deixou de decidir, acabou criando um descrédito por parte dos fabricantes que agora acreditam que a decisão somente será tomada em 2011.
Texto Cavok, com informações da Agência France Presse e de jornais franceses.

Skip to content