Escolha uma Página
Em mais de 40 anos do curso Operações na Selva, um total de 5.065 
foram diplomados pela unidade militar 
Após passar 11 semanas de treinamentos no meio da selva, com atividades que chegavam a durar mais de um dia, o 2º tenente de Infantaria Luiz Fernando Branco Camargo, 21, foi diplomado ontem (25), pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), como o guerreiro de selva número 5 mil.
A primeira edição do curso de Operações na Selva, promovido pelo CIGS teve inicio em 1966. Este ano a unidade militar formou duas turmas, chegando a marca de 5.065 guerreiros de selva formados.
Além do tenente Camargo, outros 67 militares brasileiros e 13 estrangeiros, também serão diplomados.
Natural de Palmas (PR), Camargo serve no 53º Batalhão de Infantaria de Selva, localizado em Itaituba (PA), e em 2009 graduou-se pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAM), no Rio de Janeiro.
A CRÍTICA
Skip to content