Escolha uma Página
Foi encontrado na manhã desta segunda-feira o corpo do militar que estava desaparecido desde a tarde de sábado, na Ilha da Trindade, onde fica um posto oceanográfico da Marinha, a 1.200 quilômetros de Vitória, no Espírito Santo. De acordo com o Comando do 1º Distrito Naval, militares realizavam uma trilha na Praia do Príncipe, quando o sargento João Domingos da Silva Filho foi atingido inesperadamente por uma forte onda típica de ilhas oceânicas e que, em Trindade, é conhecida como onda camelo, que o arrastou para o mar. Em seguida, uma segunda onda empurrou-o em direção às pedras. O corpo do sargento foi achado por volta de 9h30m.
O Sargento chegou a ser avistado boiando nas proximidades da praia, tendo desaparecido logo a seguir. Ainda segundo a Marinha, logo depois, um bote foi destacado para realizar buscas na região. Uma embarcação pesqueira que navegava pelas proximidades também ajudou na busca.
A Marinha instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do acidente. A família do militar foi informada no mesmo dia do desaparecimento e é assistida por uma equipe multidisciplinar do Comando do 1º Distrito Naval.
Em junho, dois alunos do curso de formação de sargento do Exército desapareceram após serem atingidos por uma forte onda, no Joá . Eles foram jogados no mar quando tiravam fotos em uma pedra próximo ao Clube Costa Brava, no Joá. Eles estavam no clube para uma comemoração do curso. 
Skip to content