Escolha uma Página
PM apreende munições deflagradas
Suspeito informou aos policiais que recolheu cartuchos no Campo de Instrução da Aman

Policiais militares apreendem 377 munições deflagradas

ITATIAIA – Uma operação realizada no final da tarde de sábado por policiais do 37º Batalhão da Polícia Militar (BPM) na Avenida dos Ilhéus, no bairro Jardim Itatiaia, resultou na apreensão de 377 munições deflagradas, além de uma touca ninja preta. O material estava com Leandro Alves Pereira, 18 anos. A apreensão aconteceu por volta das 18 horas e foi feita pelo sargento Enéas, o cabo Aragão e os soldados Miranda e Alexandre, equipe da Patamo.
Os policiais contaram que a guarnição estava em patrulhamento quando avistou o jovem com dois volumes dentro do casaco. Os PMs abordaram o suspeito e, após revista, encontraram no casaco 377 cartuchos deflagrados. Em seguida, Leandro Alves foi conduzido à 99ª Delegacia Legal, de Itatiaia, juntamente com o material apreendido. Com ele, os policiais encontraram 335 cartuchos de calibre 7.62, 39 munições de 9mm, dois cartuchos calibre 5.56, uma munição de festim calibre 7.62 e uma touca ninja preta.
De acordo com uma fonte policial, o suspeito revelou que já tinha passagem pela polícia pelo mesmo motivo. Ainda conforme a polícia, na 99ª DP, Leandro prestou
esclarecimentos alegando que o material apreendido foi recolhido no Campo de Instrução da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Logo após prestar depoimento, o suspeito foi liberado.
O caso foi registrado com base no artigo 169, inciso II do Código Penal (apropriação de coisa achada – quem acha coisa alheia perdida e dela se apropria, total ou parcialmente, deixando de restituí-la ao dono ou legítimo possuidor ou de entregá-la à autoridade competente, dentro do prazo de 15 dias).
A 5ª Seção de Comunicação Social da Aman informou em nota que só vai se pronunciar sobre o assunto após o término das investigações realizadas pela Polícia Civil. Porém, a 5ª Seção já adianta que a entrada de pessoas não autorizadas no Campo de Instrução da Aman é proibida. De acordo com a 5ª Seção, no final das instruções os cartuchos deflagrados são devidamente recolhidos.

A Voz da Cidade

Skip to content