Escolha uma Página
Os dois helicópteros do Exército brasileiro, colocados a serviço da Cruz Vermelha Internacional para resgate de dois reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), chegaram por volta de 15h20 (horário de Brasília) deste sábado (27) à Villavencio na Colômbia.
As aeronaves saíram às 9h30 de São Gabriel da Cachoeira (AM) e fizeram uma parada em Querari (AM), por volta de 12h30. O trecho final da viagem até Villavencio é estimado em duas horas e meia.
Estão nos helicópteros 20 militares que farão parte da operação de resgate, a senadora colombiana Piedad Córdoba, dois representantes de um movimento pacifista da Colômbia, dois representantes da Cruz Vermelha e um representante da Igreja.
Segundo a Cruz Vermelha, a operação vai durar até terça-feira (30) e será dividida em duas partes. A primeira fase acontece neste domingo (28) e a segunda na terça. Em cada uma delas será resgatado um refém.
Os dois reféns que serão libertados são militares colombianos. Pablo Emilio Moncayo está sob poder das Farc há mais de 12 anos. Josué Calvo é refém desde abril do ano passado. Não foi divulgada qual a ordem dos resgates. A operação é toda comandada pela Cruz Vermelha e o Brasil dá apenas apoio logístico.
Skip to content