Escolha uma Página
A polícia prendeu na madrugada desta domingo (28) um menor de 17 anos e um jovem de 18 acusados de assaltar um ônibus em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Segundo a polícia, o menor é o mesmo que, em 2008, acusou militares de tê-lo queimado com ácido, depois de ser flagrado fumando aconha dentro de uma unidade militar no mesmo bairro.
Com a dupla foram apreendidos um revólver, dois celulares e outros pertences das vítimas. O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu), onde o motorista e o cobrador do ônibus os reconhecera.
Comento:
Entendo que um erro não justifica outro. Porém, quando essa “figura” denunciou ter sido  queimado com ácido por militares num quartel do Exército, em 2008, o estardalhaço foi enorme. Até deputado petista visitou o “menininho”. E agora, será que a repercussão será a mesma?
 Confira a enxurrada de notas sobre o caso, à época, só no G1. Em outros sites, a cobertura foi ainda maior.
Skip to content