Escolha uma Página
A polícia catarinense desbaratou ontem uma quadrilha que aplicava golpes em militares da reserva, sob a alegação de que tinham dinheiro a receber do FUSEx(Fundo de Saúde do Exército).
Após obter os documentos pessoais das vítimas, os criminosos faziam empréstimos, estimados pelos policiais em  3 milhões de reais. Pelo menos 150 pessoas foram lesadas.
Quatro criminosos foram presos e dois estão foragidos
Skip to content