Escolha uma Página
Exercício começou nesta segunda-feira e vai até o dia 9 de outubro.
Começou nesta segunda-feira (28/09) a edição 2009 da Operação Laguna, um exercício combinado das três forças militares: Exército, Marinha e Aeronáutica, sob a coordenação do Ministério da Defesa e que neste ano será realizado em Mato Grosso do Sul. Esse adestramento é promovido todos os anos e vai até o dia 9 de outubro. O trabalho tem como foco principal treinar o efetivo das unidades militares com a simulação de um conflito internacional.
O local da operação é definido em sistema de rodízio entre as regiões do País. Durante a ação, tropas, veículos, embarcações e aeronaves estarão executando missões reais e simuladas na região da fronteira do Estado.
Segundo o chefe do Centro de Operações do Comando Militar do Oeste (CMO), general de Brigada Sério José Pereira, estarão envolvido diretamente na operação cerca de 4,5 mil homens das três forças, e pelo menos outros 5 mil estarão dando apoio logístico para a realização do adestramento.
Participarão das ações os efetivos militares da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, localizada em Dourados; da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, com sede em Cuiabá (MT); da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, em Corumbá (MS); do 6º Distrito Naval, situado em Ladário (MS) e da Base Aérea de Campo Grande, além de contingentes de organizações militares de outros pontos do Brasil.
As ações da operação serão realizadas em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Bela Vista, Ladário e no distrito de Coimbra, em Corumbá. No dia 7 de outubro, está prevista, mas ainda não confirmada, a participação do ministro da Defesa, Nelson Jobin, para acompanhar o exercício.
À principio ele deverá desembarcar em Campo Grande, onde concederá entrevista coletiva a imprensa e depois seguirá para Jardim, onde as tropas estarão executando uma missão da operação.
Durante a operação, a população das cidades onde serão realizados ações do adestramento será informada sobre as atividades, para evitar qualquer tipo de incidente provocado pela presença e movimentação das tropas militares.
O quadro geral da Operação Laguna é o seguinte:
– 29 de setembro, concentração de todas as Unidades Militares na cidade de Nioaque – MS;
– 30 de setembro, salto de militares da Brigada Pára-quedista (sediada no Rio de Janeiro – RJ), na região do município de Jardim – MS;
– 1º de outubro, deslocamento das tropas militares em direção aos primeiros objetivos da manobra iniciando as operações;
– 2 de outubro, chegada das tropas militares em Guia Lopes da Laguna e ocupação da cidade de Jardim com grande movimentação de tropa e blindados;
– 3 de outubro, Ação Cívico-Social em parceria com diversas entidades e clubes de serviço na cidade de Guia Lopes da Laguna;
– 6 de outubro, ação militar da Brigada de Operações Especiais (sede em Goiânia – GO) na região do aeroporto de Ponta Porã com movimentação de aeronave tipo Hércules, helicóptero e salto de pára-quedistas militares;
– 7 de outubro, presença do Ministro de Estado da Defesa Nelson Jobim.
Fonte: 24HorasNews
Skip to content