Escolha uma Página
Para que não se diga que só tem acontecido coisas negativas com os militares no últimos, penúltimos e antepenúltimos tempos, desta vez os astros conspiraram a favor e José Sarney não compareceu à entrega dos espadins aos cadetes da turma Bicentenário do Marechal Osório, ocorrida sábado, na AMAN, em Resende (RJ), poupando os autores do convite, feito com pompa e circunstância, de (mais) um grande constrangimento.
A solenidade foi presidida pelo Ministro Nelson Jobim, da Defesa e contou com a presença do Comandante do Exército, General Enzo Peri.
Em discurso, Jobim ressaltou que uma nação não pode, nem deve, depender da sorte ou armas alheias para assegurar sua soberania e definir seu destino.
O ministro comentou a importância de reativar a indústria de armamento brasileira, que no passado já teve maior destaque. Segundo Jobim, para que isso aconteça é importante uma integração entre as Forças Armadas e o setor privado.
“Nós vamos fazer isso, tornar a defesa parte da agenda nacional em termos de possibilitar a integração das Forças Armadas com o desenvolvimento nacional”.
Skip to content