Escolha uma Página
A busca de uma solução para a retomada das obras do porto de Itajaí terá mais um capítulo. Na segunda-feira, uma equipe do Exército estará na cidade verificando as condições do porto.As informações levantadas serão usadas como subsídio para a proposta que o comando militar vai apresentar com estimativas de custos e tempo para a realização das obras.Já na terça, o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, Gervásio Silva (PSDB), buscará uma nova audiência com os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), que colocarão em votação a possibilidade de um contrato emergencial.
Desde que a Secretaria Especial de Portos pediu o apoio do Exército, há 15 dias, um grupo de trabalho foi estruturado especialmente para tratar do assunto. Segundo o comando do Exército, o grupo está realizando uma análise da viabilidade técnica em cima de um projeto já existente.O Exército foi procurado pelo ministro Pedro Brito como alternativa para agilizar a retomada das obras, uma vez que a força já havia auxiliado na reconstrução do Porto de São Francisco. O projeto seria adaptado às necessidades do porto de Itajaí, que está com as obras paralisadas desde o começo de julho. Leia mais.
Skip to content