Escolha uma Página
O sargento da reserva remunerada do Exército, Gilson da Rocha, 40 anos, está sendo procurado pela Policia Federal de Cáceres, região Oeste de Mato Grosso. Ele teve sua prisão preventiva decretada pela Vara Federal depois que duas mulheres de nacionalidade boliviana o delataram como financiador e comprador de drogas trazidas por “mulas” até Cáceres. Rocha já havia sido preso há dois anos pelo mesmo motivo, mas conseguiu sua liberdade por ausência de provas. Agora, as duas bolivianas decidiram cooperar com a Policia Federal dando inclusive o numero de telefone de “Rocha” e ainda seu endereço no município.
O traficante é bastante conhecido na cidade. Especialmente por ostentar padrão de vida elevado, circulando por Cáceres com carros de luxo. Por conta disso, ganhou o apelido de “Rocha do Corola Chumbo”. Além de exteriorizar a fortuna obtida com revenda de cocaína, Rocha tem prestigio junto à diretoria do Cacerense Esporte Clube, onde atua como cartola e tem aval dos dirigentes para controlar as bilheterias em dias de jogos da “Fera da Fronteira”.
O sargento Rocha está na reserva remunerada. Ele teria alegado problemas de saúde, num dos braços para obter a aposentadoria. Leia mais.
Skip to content