Escolha uma Página

Mais um integrante da quadrilha acusada de roubar os fuzis do Exército de Caçapava foi preso neste fim de semana em São José dos Campos, a 97 km de São Paulo, no Vale do Paraíba. O rapaz, de 20 anos, confessou a participação no crime. No dia 9 de março, cinco homens invadiram o 6º Batalhão de Infantaria Leve de Caçapava, a 120 km de São Paulo, renderam os soldados de plantão e levaram sete fuzis. Durante operação, que mobilizou 700 militares, seis armas foram recuperadas.
O rapaz preso em São José dos Campos era investigado e foi preso no sábado, ao ser identificado enquanto passava, a pé, em frente ao Distrito Policial do Jardim Industrial. Ele vai responder por formação de quadrilha, roubo e posse ilegal de armas.
Com essa prisão, já são sete pessoas detidas. A polícia ainda procura outros dois suspeitos. Um fuzil ainda não foi encontrado. O GLOBO NOTÍCIAS RELACIONADAS:OPERAÇÃO RECUPERA MUNIÇÃO ROUBADA DE QUARTEL DO EXÉRCITO EM CAÇAPAVAPRESO NO PARANÁ O PROVÁVEL MENTOR DO ROUBO DOS FUZIS EM CAÇAPAVADEPOIMENTOS INDICAM PARTICIPAÇÃO DE MILITARDOIS SUSPEITOS CONTINUAM FORAGIDOSEXÉRCITO PRENDE CABO SUSPEITO DO ROUBO DE FUZIS EM CAÇAPAVA

Skip to content