DF: general morre após cair de lancha no lago Paranoá

O general José Carlos Ribeiro Venâncio, 73 anos, sofreu parada cardíaca após cair de embarcação no Lago Paranoá (Reprodução: redes sociais)

 

José Carlos Ribeiro Venâncio sofreu parada cardíaca após cair da embarcação. Coronel que acompanhava o general sobreviveu.
Thalita Vasconcelos, Carlos Carone, Mirelle Pinheiro
O homem de 73 anos que morreu após cair de uma lancha desgovernada e sofrer uma parada cardíaca era general de brigada aposentado do Exército Brasileiro. José Carlos Ribeiro Venâncio chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Ele estava internado desde sábado (29/6) no Hospital de Base, mas acabou não resistindo e faleceu no domingo (30/6).

Além dele, outras duas pessoas que estavam na embarcação caíram na água. Uma delas era o piloto, que fugiu do local.

A lancha foi filmada desgovernada e sem piloto momentos antes de se chocar contra um muro às margens do Lago Paranoá. As circunstâncias do acidente são investigadas pela Marinha do Brasil e a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

A lancha só parou de se movimentar após colidir contra uma cerca, próximo ao Lake View Resort.

Um homem de 65 anos que também estava na lancha conseguiu sair sozinho da água. Ele estava consciente e orientado, não sendo necessário o transporte dele para um hospital.

A reportagem apurou que trata-se de Paulo César Rodrigues Borges, coronel aposentado do Exército Brasileiro.

Conforme informações obtidas pela coluna Na Mira, Paulo César contou que estava no Clube do Exército com José Carlos, na tarde de sábado, quando foram convidados pelo piloto da lancha, também sócio do clube, para dar uma volta na embarcação.

Eles partiram da marina do clube em direção à Ponte JK, e depois para o condomínio Brisas do Lago, onde estacionaram o barco. O trio deu uma volta no condomínio e retornou à lancha.

No trajeto de volta para o clube, os dois oficiais da reserva estavam sentados na traseira da lancha, quando sentiram um “tranco” e foram arremessados para fora do barco.

Segundo relatado pelo coronel, eles foram inicialmente resgatados por pessoas que estavam às margens do lago e em outras embarcações. Em determinado momento, o piloto da lancha teria ido embora do local.

Socorro
O acidente aconteceu entre a residência do Presidente da República e a Ponte JK, próximo à JR Mecânica Náutica e Marina. O Corpo de Bombeiros (CBMDF) foi acionado para atender à ocorrência por volta das 16h23

No local, a equipe de socorro deparou-se com duas vítimas que haviam acabado de cair de uma embarcação.

Na Mira (METRÓPOLES) -Edição: Montedo.com

Assista o vídeo:

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo