Ministro do TCU defende previdência de militares (vídeo)

TCU-1

 

O ministro do Tribunal de Contas da União Jorge Oliveira, temporariamente afastado do cargo por motivos pessoais, enviou aos demais integrantes da Corte argumentos em defesa do atual regime previdenciário dos militares. As informações são do âncora da CNN Iuri Pitta.

CNN Brasil

35 respostas

  1. Na minha seção tem um PTTC, coronel, que nada faz, aliás é mentira o que eu disse, na realidade ele atrapalha. Se tirar ele de lá e mandar para casa já é uma economia e em muito facilitará o trabalho do grupo e

    Tira o privilégio de filhas , saudáveis, aposentadas.

    Fazer um pente fino nos PTTC e mandar as filhas trabalhar, isso ai vai gerar uma grande economia.

    1. Tem que acabar com as transferências, PNR, Aux fardamento e levar todos para o INSS.

      Como já me falaram que por ser QE e ter esse pensamento não saio da merda então que outros experimentem da mesma!

      Kkkkkkkkk

    2. Comentario na marca.
      As FFAA são instituições permanentes, não há necessidade de Pttc, elas tem que qualificar seus quadros da ativa permanentemente.

      PTTC é uma forma de cargo comissionado sem controle nenhum, nossa assistência social.

      Eles não somam em nada, mas atrapalham muito. Apenas atentar que PTTC não pode ocupar claro de QCP (tem um diex da DCIPAS sobre essa orientação) e logo não pode ser chefe de nada. Ele é contratado para prestar uma tarefa em especifico, apenas ela, e não ser um coronel chefiando efetivos. Isso ficou nos tempos de serviço ativo. Denuncie ao MPM, faz parte do bom profissional velar para que nossa instituição não ceda a vontades pessoais, o regulamento é claro.

      E acabando com esses pttc e as filhas sadias pensionistas teriamos alguma gordura para aumento de soldo

      1. Discordo. Minhas singelas sugestões para um futuro aumento nos soldos dos militares:

        1º) Diminuir, drasticamente, a quantidade de militares de carreira;
        2º) Aumentar, consideravelmente, a quantidade de militares temporários e;
        3º) Aumentar, urgentemente, a quantidade de PTTC nas funções administrativas (burocracia) e, assim, liberará os militares ativos para a missão FIM. EsMB 1995!!!

        1. Militar temporário, mal pago e sem direto a nada vai embora , você vai patrulhar fronteira sem receber hora extra , adicional noturno , insalubridade , FGTS , sem direito a grave por melhores salários ou condições de trabalho, e colocando a vida em risco ? Pois esses são os ditos privilégios dos militares, aliás os menores salários do serviço público.

    3. Discordo Completamente. Creio q o ideal é q administracão castrense exista 01 (um) Of (Chefe da seção) e TODOS os demais integrantes sejam PTTC (Cel, TC, Maj, Cap, Ten, ST e Sgt). Assim, TODO o pessoal da ativa estará empregado na finalidade FIM. EsMB 1995!!!

      1. Os oficiais hj em dia nao querem nada com atividade fim, querem fazer um curso em uma faculdade particular dessas e lembrar que são combatentes apenas quando convém.
        O exercito tem qco para isso, mas acabaram com o qco justamente pq eles mesmos nao querem campo e atividade militar, querem escamar na seção

  2. Acabar com pnr, acabar com transferência de oficial de 2 em 2 anos, acabar com 8 vencimentos brutos, acabar com pensão para filhas, acabar com fusex, colocar o LQFEX para produzir medicamentos e vender para toda população, acabar com PTTC, ter somente 1 general por região e somente o comandante do EX no DF. Acabar com QAO, promoção a CEL só 10% da turma, etc…

      1. Sobre a PMSP que tem unicamente três centros de formação, são 90 mil homens que só atuam em segurança pública, todos concursados e atuando APENAS no Estado de São Paulo.

        Espalha esses 90 mil policiais militares pelo território nacional dando a eles todas as missões que o Exército tem que cumprir, missões rolhas inclusive, depois volta aqui e explica se apenas esse seu coronel superman consegue dar conta. (Obs.: A PMSP tem 64 coronéis na ativa).

        O Exército tem 182 Oficiais-Generais para um efetivo de 296.334 militares, logo, o efetivo é 3,3 vezes superior ao da PMSP significando que o número de generais no exército é proporcionalmente inferior ao número de coronéis na ativa da PMSP. Pela sua suposição, caso a PMSP tivesse o mesmo efetivo do EB, seriam necessários 211 coronéis na ativa.

        Agora se você se refere ao Comandante da PMSP, de fato só há um coronel, assim como apenas um general comandando o EB, e ele nem é da ativa.

        1. Meu amigo tem diretoria no QGEx com efetivo pelotao-
          E não é apenas uma nao.
          Sua proporcao nao tem sentido pq

          1) coroneis da PM pesam infinitamente menos no orçamento que generais
          2) coronéis não sao promovidos por ato político. É promoção por merecimento e abrange boa parte das turmas de formação (não são apenas meia dúzia por turma)
          3) o exército brasileiro, que não luta guerras, mas apenas faxinas e formaturas, tem PROPORCIONALMENTE MAIS GENERAIS QUE O US ARMY. E o US ARMY está disposto não nos EUA (que são maiores que o Brasil em dimensão territorial), mas no GLOBO terrestre, lutando GUERRAS DE VERDADE.

          80% das “missoes” que temos sao rolhas ou coisa de uma instituição que se perdeu e não sabe a que veio.

          Rolhas: formaturas, faxinas, guarda ao quartel

          Missoes que nao nos cabem e abraçamos: agua ao sertanejo, obtiração em índio, enchentes, etc

          O us army apenas luta guerras e não pode ser usado em território nacional como força policial.

          A PM luta uma guerra de verdade, com mortos em ambos lados, com tiroteios, com centenas de flagrantes por DIA.

          Na PM não tem coronel mestre de cerimônia! Na PM não tem gda ao quartel!

          1. Prezado cada um com sua missão e te garanto que é melhor pagar por um exército e não precisar, do que abrir mão e se arrepende. Não estou dizendo que acrítica não é merecida, pelo contrário, Mas comparar o Exército Brasileiro com o US ARMY não tem lógica.

            Efetivo do EB = 296.334

            Efetivo do US Army = 452.689

            Número de Oficiais-Generais do EB = 182 (Lei nº 7.150, de 1o de dezembro de 1983, alterada pela Lei no 8.071, de17 de julho de 1990).

            Número de Oficiais-Generais do US Army = 231, esse número é previsto em lei (10 U.S. Code § 526 – Authorized strength: general and flag officers on active duty).

          2. Ricardo, por isso qie eu disse PROPORCIONALMENTE.
            Divida os efetivos e veja a proporcao homem/general do exercito das formaturas e do US army…
            Nao tem sentido Diretoria sem OMDS com general comandando um efetivo menor que pelotao

          3. Ao Anônimo no 23 de junho de 2024 às 09:13.

            O seu argumento de proporção entre o EB e US Army não é minimamente razoável.

            O fato do EB, segundo suas palavras, ser comandado por generais de formatura e o US Army estar lutando guerras é uma decisão política dentro de todo um contexto histórico.

            A força terrestre brasileira é composta APENAS do EB, para cumprir missões territoriais e extraterritoriais.
            A força terrestre americana é composta do US Army, Army National Guard e da Army Reserve.

            A Army National Guard tem 325.218, a Army Reserve tem 176.968 tropas.

            O número de Oficiais-Generais na força terrestre americana ultrapassa 600, e também existem generais comandando formatura e/ou chefiando 8 soldados e dois coronéis dentro de sala com ar-condicionado. Fora os oficiais vampiros, milhares, que aqui nos EUA também existem.

            Aqui nos Estados Unidos existe uma discussão muito séria no congresso sobre a proporção de efetivo militar e o número de oficiais generais. Nos últimos 30 anos o efetivo geral de militares diminuiu 38% e o número de generais quatro estrelas aumentou 65%.

            O maior crescimento no número de cargos para oficiais generais nos EUA se deu nas funções burocráticas, isso mesmo, o americano também gosta de uma boa sombra e água fresca bancadas pelo contribuinte, onde cada general custa em média U$ 1 milhão por ano.

            Então comparar o EB com US Army não é correto, embora a extensão territorial seja quase semelhante (o território dos USA é pouco maior que o brasileiro), existem proporcionalmente mais generais americanos comandando formatura sem função estratégica e jogando paciência no computador, que os brasileiros. Na minha opinião uma situação não justifica a outra em relação a desperdício de dinheiro público, mas os americanos desperdiçam mais.

      1. Bip bip
        Bop bop
        Terra para Amaury
        Terra para Amaury

        Tem filha que ainda nao nasceu e tem essa expectativa de direito garantida

        Bip Bip
        Bop Bop

        Veja a LOA 2023, onde estão indo 60% das despesas correntes.

        Bip Bip
        Bop Bop
        Terra para Amaury

        Se acabou, fica tranquilo. É um bando de comunista louco querendo extinguir o que ja foi extinto em 2001, né?

        Não vai afetar sua filha, Amaury.

        Não se preocupa, afinal já “acabou em 2001”. Então vão acabar com o “acabado” e vc não precisa coloxar a filha sadia para trabalhar

        1. As pensões para filhas de militar foram extintas em dezembro de 2000 por FHC . E filhas de militar não são as únicas a receber pensão, as dos poderes judiciário, legislativo e executivo também recebem e são bem maiores pode ter certeza

  3. Pode ate sugerirem o corte das pensões, mas é Lei, nada muda.E além disso, União não teria dinheiro pra devolver os já pagos. Economia se faz com a implementação do Abate teto, aí sim vai sobrar dinheiro. Um pente fino no Bolsa família, Bpc e INSS, já gerou uma grande economia. Imagina nos outros 40 ministérios.

    1. Muda para aquelas que ainda não recebem e possuem apenas uma expectativa de Direito.

      O fato gerador do Direito é a morte do militar.

      E as que já recebem, só subir a alíquota para um valor compatível, uns 20%.
      Qualquer coisa para as filhas sadias é lucro, não podem reclamar, estão aposentadas por conta do trabalho alheio, como na época do império

  4. Estou reformado e pronto para ir par o INSS, é tudo o que quero; só quero que esse governo, composto em boa parte de corruptos e comunistas, pague pelas horas extras que fiz à nação – e foram milhares de milhares – Paguem periculosidade, como trabalhar com equipamentos radiativos e explosivos, FGTS e tantos outros direitos que o civil possui.
    Vou ficar RICOOO!!!

    1. Ou seja, vc quer subir para um valor incompatível obrigando os que descontam abrir mão sem receber de volta aquilo que descontaram por nada, francamente.

  5. Inss seria bom para os praças, desde que integral. O teto do inss rejusta todo ano, e já chegou no vencimento de subtenente. Aposentado do inss não pode ser excluído a bem da disciplina, então nunca perde o benefício. Não desconta pensão militar na reserva, e só paga o imposto de renda.

  6. As condições para a inatividade, os proventos e a pensão para os dependentes dos militares das Forças Armadas deveriam estar explicitamente previstas na Constituição Federal, considerando suas particularidades, evitando assim discussões políticas a cada novo governo.

    O atual art. 142 da CF faz referência apenas aos militares e sua remuneração, sem mencionar a pensão para seus dependentes e os proventos na inatividade.

    Proposta de alteração ao art. 142 da CF:

    “Art. 142, § X – A inatividade dos militares das Forças Armadas, os proventos e a pensão de seus dependentes observarão as disposições específicas desta Constituição.”

    Esta alteração garantiria que as questões relativas à inatividade, proventos e pensão dos militares das Forças Armadas sejam tratadas de maneira estável e constitucional, evitando a dependência de debates políticos a cada novo governo.

    1. Excelente, e acrescento:

      “Art. 142, § X – A inatividade dos militares das Forças Armadas, os proventos e a pensão de seus dependentes observarão as disposições específicas desta Constituição, sendo-lhes garantidos a irredutibilidade e paridade da remuneração.”

  7. Agora matei a real situação, estamos em guerra com o partido de esquerda…eles lançaram sua primeira ofensiva, cabe às FA responder ao fogo inimigo com as devidas proporcionalidade…o Bolsotrevas começou a guerra infelizmente, agora temos que lutar…vamos ver a estratégia dos nossos Generais, até o próximo capítulo…

  8. Independente de ser oficial ou praça, a luta chegou até nós, vamos enfren5ou entregar ao inimigo nossas conquistas, parem pra pensar…a situação não é tão ruim quanto estamos pensando…começaram a guerra …no meu ponto de vista foi bom, estamos muito acomomodados, recebendo migalhas, tá na hora de lutar por uma situação melhor…que venha a guerra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo