Granada usada pelo Exército britânico é encontrada em rio no Recife

Granada do tipo Mills foi encontrada em um rio no Recife Imagem: Reprodução/Instagram/@bopepmp

 

Granada do tipo Mills foi encontrada no Rio Capibaribe

Mariana Zancanelli Do UOL, em São Paulo
Um homem encontrou uma granada enquanto “pescava” com um ímã no Rio Capibaribe, no Recife, na última segunda-feira (27). A Polícia Militar confirmou nesta quarta-feira (29) que o artefato é de um tipo usado pelo Exército britânico.

O que aconteceu
A granada é do tipo Mills. O explosivo é tipicamente usado pelo Exército britânico desde a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) até os dias atuais, de acordo com o Esquadrão Antibombas. O modelo criado por William Mills foi dos pioneiros entre as granadas de mão de fragmentação.

A peça estava em estado de conservação precário. A equipe do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) identificou o artefato por meio de imagens de raio-x, utilização de entrada manual e busca em catálogos internacionais de explosivos.

O explosivo foi encontrado em uma sacola plástica. A granada estava dentro de duas sacolas pretas amarradas. O artefato estava envolvido por camadas de papel alumínio – algumas delas teriam se fundido ao metal da granada, segundo o homem que faria a “pescaria”. Ele gravou um vídeo desembalando o objeto e disse que desconfiava se tratar de “alguma coisa militar”.

A granada foi recolhida na manhã de terça-feira (28). O Esquadrão Antibombas interditou a Ponte da Capunga, no bairro Graças, e retirou o objeto. Um técnico explosivista utilizou um braço robótico para colocar o artefato em um equipamento contenedor.

Objeto será destruído. Devido ao estado da bomba, não é possível garantir segurança no armazenamento e manuseio da granada. O artefato será destruída pelos técnicos explosivistas do Bope.

Não é a primeira vez que o modelo é encontrado no Brasil. Outras granadas do tipo Mills foram encontradas em Uberaba (MG), em 2010, e em Sarandi (PR), em 2023, de acordo com a Polícia Militar.

UOL

3 respostas

  1. Esses caras que avaliaram são tão burros que devem ter concluído que a maré trouxe essa granada de Londres até o brasil.
    Isso é granada antiga do EB utilizada em algum treinamento.
    É só mandar as milícias entregar ao exercito que sabe dar a destinação correta, pois senão pode cair nos colegas do bope que controlam o tráfico dos morros, como quase sempre acontece….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo