Quartéis em todo o Brasil levam apoio ao Rio Grande do Sul

Militar do Exército socorre menina no RS

Integração de esforços

Porto Alegre – Desde o dia 30 de abril, o Exército Brasileiro trabalha diuturnamente no resgate, apoio médico e desobstrução de vias no Rio Grande do Sul, através da Operação Taquari 2. No dia 2 de maio, o Comandante do Exército visitou a região e participou do briefing da Operação. Utilizando aeronaves, embarcações e viaturas, os militares auxiliam a população gaúcha resgatando famílias desalojadas, transportando meios e materiais destinados ao socorro da população atingida e realizando os trabalhos de engenharia para reativar a mobilidade das estradas.

Ao todo, 58 organizações militares do Exército empregam seus meios, em pessoal e material, com o intuito de mitigar o sofrimento da população gaúcha. Tropas do Comando Militar do Sul, apoiadas por militares de diversas partes do Brasil, estão em ação na região afetada pela chuva. São homens e mulheres especializados, empregando equipamentos eficazes para o cumprimento dessa missão.

O 3º Regimento de Cavalaria de Guarda, sediado em Porto Alegre, é uma das organizações engajadas na Operação Taquari 2, atuando 24 horas por dia no resgate e transporte de pessoas e animais domésticos para locais seguros.

Vindos do estado de Santa Catarina, os militares do 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado transportaram de médicos e socorristas para a cidade de Eldorado do Sul (RS), também atingida pelas chuvas.

 

Já os militares da 15ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, da cidade de Palmas, no Paraná, realizaram trabalhos de melhoramento e desobstrução de vias avariadas no distrito de São Valentim, na cidade de Santa Maria (RS). Essas ações permitiram reabrir o acesso ao distrito, possibilitando o trânsito dos moradores.

Do Rio de Janeiro, foram enviados três módulos do Hospital de Campanha. O primeiro deles está instalado na cidade de Estrela, com 40 leitos de enfermaria. Equipes médicas do Hospital Militar de Área de Porto Alegre e da Policlínica Militar de Porto Alegre estão apoiando nos atendimentos. Os outros dois hospitais de campanha estão sendo instalados nas cidades de São Leopoldo e Eldorado do Sul.

O Comando de Aviação do Exército, de Taubaté (SP), e o destacamento de aviação do Comando Militar do Norte, sediado em Belém (PA) seguem no resgate de pessoas e no transporte de suprimentos por todo o Rio Grande do Sul. Simultaneamente ao trabalho de resgate, helicópteros e veículos são empregados no transporte de medicamento e insumo hospitalar, alimento, água e materiais de higiene para pessoas desabrigadas e comunidades ilhadas.

No dia 7 de maio, militares da Aviação do Exército levaram água e outros suprimentos para comunidades isoladas do município de Muçum (RS). A cidade foi completamente alagada pela enchente e está sem luz, água e comunicação. Centenas de moradores estão isolados em bairros rurais e a chegada dos mantimentos só é possível por meios aéreos.

Até o momento, mais de 56 mil pessoas e 5 mil animais foram resgatados por via aérea, fluvial e terrestre. São mais de 17 mil militares, policiais e agentes trabalhando na Operação Taquari 2. Centenas de toneladas de refeições, mantimentos e medicamentos já foram distribuídos, além de milhares litros de água potável.


EB – Edição: Montedo.com

10 respostas

  1. Presidente Lula, acione a Força Nacional!
    Lá não tem formatura nem video institucional.

    Como disse Sales: “eles vão pro pau. Não ficam fazendo powerpoint”

      1. Discuta com o Sales.
        Assiste o video dele. É muito bom! Principalmente na parte que diz:
        – todas essas operacoes a um custo milionario renderam menos apreensoes que a pm de sao paulo em uma semana, olha os numeros aqui

        – o exercito faz powerpoint e formatura. A Forca Nacional vai pro pau, o exercito foge de tiroteio com garimpeiro

        – todas as apreensoes no garimpo foram feitas pelo IBAMA e ICMBIO, nao pelo exercito.

        Discute com o civil sales. Ele expôs seu castelo de mentiras no Congresso nacional, que homem mau!

        Ele so falou verdades. Morremos de medo de tudo, a guarda é com cassetete! Hahahahaha

        O video esta no YT

        1. Camarada, você precisa se informar melhor e checar as informações antes de passar vergonha. Quanto ao Sales, é uma figura exótica que com certeza nas próximas eleições irá desaparecer como muitos que se aproveitaram da figura carismática do presidente Bolsonaro. e quanto a Força Nacional, você não deve saber, mas é um dos maiores desperdícios de dinheiro público. Quanto ela é acionada para atuar em cidades pelo Brasil, dificilmente faz algo de útil, pois além de não conhecer a localidade, não sabe o modus operandi da criminalidade. Além disso, possui um custo elevado, pois os policiais recebem a remuneração da polícia de origem e também recebem da FN. A indicação para a FN é considerada um prêmio para os PM devido ao valo recebido. Poderia também divagar sobre o porque do EB fugir de tiroteio como diz o Sales, mas fica para a próxima, mas não pense que os militares não gostariam do tal tiroteio na verdade é bem pelo contrário.

          1. Discuta com números.
            Sales trouxe números e fatos.
            Ele estava lá.

            Diga de números, custo, apreensões.

            Chega de opiniões pessoais, deixe isso pro quartel.

            Discussão racional é com argumento racional. Questione os números dele

      2. Olha o majcav, um major das Forças ARMADAS que aluga arma no estande.

        Estamos perdido com essa geração da AMÃE acostumada a videogame.

        No meu PCI na AMÃE observei que eles nem passavam o delta… contratavam uma passadeira.

        É o fim pessoal.

        E o salario, ó

    1. Bem se vê que você não entende nada mesmo. Um dos maiores desperdícios de dinheiro público é a Força Nacional. Não sei se você sabe, mas quando eles são chamados para atuar em alguma área do país, normalmente eles não sabem nada da dinâmica do local e somente ficam andando de viatura ou parado nas esquinas. Detalhe, diferentemente dos militares das Forças Armadas, eles somente atuam mediante polpudas diárias e, inclusive, ser indicado para a FN é uma espécie de recompensa para as Polícias.

      1. Mas eles usam arma com munição para enfrentar bandidos. Seriam uteis para impedir saques.

        Já nós não usamos armas com munição. Armas apenas para cerimonial militar. Quando os mais preparados que temos, os quids pretos, veem uma arma com munição, eles desmaiam….

        To falando mentira?
        O bolsonarismo teve uma coisa boa, expôs ao país como somos e o que fazemos.

        Acho bom o majcav fazer uma previdência complementar… vai pro INSS como todo cristão, é questão de tempo.

  2. Todos os esforços estão sendo feitos FA, Polícias Militar e Civil, bombeiros, defesa Civil, voluntários…todos com o mesmo objetivo, salvar pessoas, e estão fazendo de maneira heroica.

    bolsonaristas estão se aproveitando da situação ( filmando resgates fake) e espalhando fake news, GAÚCHOS, lembrai-vos deles e qualquer Políticos que use a desgraça alheia em campanha política
    na próxima eleição! São canalhas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo