Ex-comandante da Aeronáutica agora curte posts sobre ‘presidente sem fã-clube’ e fim da polarização

Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior Foto: Divulgação/FAB

Brigadeiro Baptista Junior foi chamado de “traidor da pátria” por Braga Netto

PAINEL

Atacado pelo general Walter Braga Netto por não ter aderido a planos golpistas em 2022, o ex-comandante da Aeronáutica Carlos Baptista Junior passou a curtir, nos últimos dias, mensagens que elogiam sua postura no episódio e publicações sobre retorno à “normalidade de ter presidente sem fã-clube” e fim da polarização política no país.

Baptista Junior foi chamado de “traidor da pátria” pelo ministro da Defesa de Jair Bolsonaro (PL), enquanto o então comandante do Exército, Marco Antônio Freire Gomes, foi chamado de “cagão”.

“Senta o pau no Batista Junior [sic]. Povo sofrendo, arbitrariedades sendo feita [sic] e ele fechado nas mordomias”, escreveu Braga Netto, segundo a PF. “Traidor da pátria. Daí para frente. Inferniza a vida dele e da família”, acrescentou.

“Se não desmontarmos a polarização, não há saída”, diz uma das mensagens curtidas por Baptista Junior. “Quando vamos voltar à normalidade de ter presidente sem fã clube. Nações normais são assim”, afirma outra.

O ex-comandante da Aeronáutica também curtiu mensagens de pessoas que o parabenizaram “pela posição de respeito ao povo brasileiro” e “por ter se mantido firme no dever constitucional”.

“A democracia admite neutralidade, mas ter lado político-ideológico com observância das regras, faz parte do jogo. O Senhor está de parabéns pela firmeza com que as observou”, escreveu outro usuário que teve a postagem curtida.

Além dessas, ele também curtiu uma mensagem da ex-deputada estadual Janaina Paschoal que afirma que “apoiadores do atual governo erram ao atribuir a pecha de golpistas aos militares de forma genérica” e que “as Forças Armadas existem para evitar aventuras autoritárias em nosso país”.

Na sexta-feira (9), o tenente-brigadeiro do ar publicou em suas redes sociais uma mensagem em que reagia ao conteúdo revelado pela investigação da Polícia Federal.

“‘A ambição derrota o caráter dos fracos. Aliás … revela’. Já tendo passado dos 60 anos, não tenho mais o direito de me iludir com o ser humano, nem mesmo aqueles que julgava amigos e foram derrotados pelas suas ambições”, escreveu o ex-comandante da Aeronáutica.

Nas semanas anteriores, Baptista Júnior concentrava suas curtidas no X em postagens críticas à atuação da PF e do STF (Supremo Tribunal Federal).

Durante o governo Bolsonaro, ele foi criticado por apoiar postagens em apoio ao então presidente. O regulamento disciplinar das Forças Armadas considera transgressão a manifestação sobre assuntos de natureza político-partidária por militares da ativa.

Baptista Junior também foi criticado após ter curtido publicação em que a deputada federal Bia Kicis (PL-DF) dizia ter ouvido dele em reunião que estava “honrando seu voto”. Ele foi alvo de denúncia no Ministério Público Militar por sua “constante militância política” nas redes sociais”, mas o processo foi arquivado em menos de um mês, sem a realização de diligências.

Em entrevista ao jornal O Globo em 2021, ele chegou a dizer que uma nota enviada pelos comandantes das Forças Armadas e Braga Netto ao presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), era um “alerta às instituições” e que não enviariam 50 notas. Questionado se a afirmação era uma tentativa de intimidação, ele respondeu que “homem armado não ameaça”.

FOLHA Edição: Montedo.com

11 respostas

    1. Isso! deveria ser revista a Lei 13.954 e igualar o teto com o funcionalismo público pela Previdência Social e ampliação do tempo para inatividade aos 65 anos!

  1. Devagarzinho, o Mito está deixando todos aqueles que viviam em sua volta na beira do abismo… joga a culpa nos seus bajuladores e cai fora. O primeiro foi o Cid, logo após o Heleno e o próximo já sabem quem é…. e depois todos.
    Mas, tem um porém… a Justiça sabe perfeitamente que era o mentor do golpe fracassado.
    O General acima está de parabéns por ter sido contrário a intentona golpista de 2022.

  2. Hahahahahahaha

    São tudo um bando de Embusteiros esses militares, nada além disso.

    É esse tipo de gente que vai ter coragem de conduzir o país numa guerra?

    Que piada.

    E ficam choramingando porque a máscara caiu revelando a inutilidade deles.

    Coitado do povo que é obrigado a sustentar esse circo todo.

  3. A culpa e do ex. chefe da nação, o resto e conversa fiada, vai precisar desenhar, agora esta tentando jogar a culpa nos mercenários que ele comprou, acorda Brasil.

    1. Tbm inclui o orçamento secreto dos deputados que até escola de samba financiaram esse ano, e os gastos do judiciário tbm? Acho que vc tem uma questão freudiana com filha do vizinho aí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo