Advogado de Cid diz que militar não podia deixar de cumprir ordens de Bolsonaro

O advogado Cezar Bittencourt e seu cliente, Mauro Cid: ex-ajudante de ordens vai falar tudo que questionarem, garante seu defensor | Foto: Reprodução

Cezar Bittencourt citou que se então presidente pedisse para ele matar alguém, teria que cumprir a ordem

O advogado Cezar Bittencourt, que faz a defesa de Mauro Cid em meio a investigações da Polícia Federal, afirmou nesta terça-feira (13) que o militar tinha que seguir todas as ordens do então presidente Jair Bolsonaro.

Segundo ele, se Bolsonaro pedisse para ele matar alguém, iria cometer o crime. “Vai ter que matar, ele tem que cumprir ordens”, disse em entrevista ao BandNewsTV.

Bittencourt afirmou que Cid foi prejudicado ao ser colocado no posto de ajudante de ordens da presidência da República. “Mauro Cid era comandante do batalhão de Goiânia, era o caminho natural da carreira dele, ele foi prejudicado quando os generais o mandaram assessorar o presidente. Ele iria falar não? Aí o chefe dele passa a ser o presidente, o presidente passa as coordenadas e ele vai fazer”, disse.

“Não se discute ordens, isso é questão de direito militar, tem tribunal para isso, mas para entender, é isso: ou faz, ou é substituída, na relação privada, imagine no militarismo? Lá não pestaneja”, pontuou Cezar Bittencourt.

“Exército não quis golpe”
Também na entrevista, Cezar Bittencourt afirmou que o golpe de Estado não ocorreu por opção das Forças Armadas. “Só não houve golpe por uma razão: o Exército não topou, simples assim. Porque o Exército sabe quem foi o capitão indisciplinado que formou complô contra o próprio Exército, acha que iriam embarcar nessa furada?”, questionou.

Para Bittencourt, o Exército não acredita em Bolsonaro. “Não tenho nada a ver com ele, eu defendo o Cid e estamos dispostos a colaborar com o Exército, mas não podemos inventar”, pontuou.

O advogado também citou que Cid não irá omitir nenhuma informação para a Justiça ou ao Exército. “Temos uma relação excelente com as autoridades policiais, mas não podemos omitir, se pergunta, responde. É uma questão de especulação, de mídia, aliás o Brasil adorou ver a conferência. Aí desnudou toda a trama, ali ficou claro que ele queria apoio das Forças Armadas”, disse, citando a reunião de Bolsonaro com ministros.

BAND

19 respostas

    1. se ele não cumprisse ordens qual seria o seu fim? Já que não se tratava de matar. Ele poderia ser punido com expulsão, por descumprir ordens de Comandante em chefe que é o Presidente da República. Parem para pensar caso acontecesse com qualquer militar que estivesse nessa mesma situação.

    2. Não achei isso no e1
      Essa palavra absurda não está lá, pesquisei agora.
      Nem poderia estar. O que é absurso pro soldado pode não ser para o sargento.
      Cola aqui embaixo onde está no e1 isso de ordem absurda nao se cumpre

      1. Não precisa estar em regulamento algum. Ordem absurdas fora dos parâmetros podem ser descumpridas sim. Cid sabia que estava ferindo a Constituição, portanto, cumpriu as ordens do ex-presidente esquizofrênico porque quis, pois é extremista.

      2. Todavia, pior ainda que um instrumento administrativo, está no CPM, no assim denominado excesso punível: Art. 38. Não é culpado quem comete o crime: …
        § 2º Se a ordem do superior tem por objeto a prática de ato manifestamente criminoso, ou há excesso nos atos ou na forma da execução, é punível também o inferior hierárquico.
        Pois, bem uma coisa é justificativa ou dirimente de uma transgressão disciplinar (P.ex art, 7, 7º cc art. 12, alínea d, do RDM) em que se pode alegar cumprimento de ordem hierárquica outra completamente diferente é ordem para cometer atividades referentes a crimes descritos na legislação penal em vigor. Pessoal, esses entendimentos estão piores a cada dia que passa.

  1. “…“Não se discute ordens, isso é questão de direito militar, tem tribunal para isso, mas para entender, é isso: ou faz, ou é substituída, na relação privada, imagine no militarismo? Lá não pestaneja”, pontuou Cezar Bittencourt…”

    Concordo com essas entrelinhas. Mas quem tem Caráter não cumpri ordens absurdas, mesmo com a carreira À perder. Eu não cumpri. Conceito caiu no abismo e fui para reserva como ST, simples assim.

    1. Voce realmente estudou direito a fundo.
      Gosto dos seus comentarios.
      E tens toda razao no que diz.
      Essa observacao exige um estudo acima da media em dogmatica
      Parabens

    1. O QUE SERIA A ” ordem absurda ” afinal? Depende! Já vi militares, amigos, serem punidos por não cumprirem a tal ordem absurda simplesmente pq o cretino do Sindicante, um Oficial e o resto da sua cúpula entenderem que não era ” absurda “. Porém a porra da química, me desculpem a palavra, é uma ordem absurda. E por Contrariar as ordens do Cel e falar que iria denunciar o caçaram e perseguiram por meses. Não vou entrar em detalhes de como o militar poderia ter se defendido com advogado, e causa ganha e tal e tal….todos sabemos da perseguição. Agora o Cidinho e o vagabundo do advogado vem com uma balela dessas Rsssss. Agora sentiram na pele a interpretação de XANDAO NELES!!!!

  2. Pois eu, ST GILENO ALVES, não cumpri a ordem absurda de matar os gatos que cavucavam e cagavam na horta do batalhao.
    Outro veio e matou.
    E minha carreira desgraçou
    E hoje to na reserva como ST.
    E se voltasse ateas matava os gatos

    1. Você fez o certo, não cometeu crime e nem atentou contra a sua própria moral, pois a pior coisa que existe é você não estar livre em sua consciência. Sabe-se lá como foi a vida desses aí que aponta? Tudo que vai… volta. E, se você fizesse e uma ONG de proteção soubesse e houvesse um IPM? Você nem ST seria, pense nisso. Melhor ser escravo dos seus princípios do que vendê-los a troco de ninharia.

    2. …se voltasse atrás matava os gatos???

      Sério, a maioria das vezes acho que estou no lugar errado. As pessoas vendem a alma por uma promoção, que loucura isso. Existe um mundo fora dos quartéis, as pessoas deixam de ter identidade e vendem as suas almas por um punhadinho de dinheiro, e o pior, não sentem vergonha por isso. Que tipo de gente é esta?

      Aqui no Sul observo que a maioria dos S Ten já venderam a sua alma, um bando de submissos, o terceiro cão “boqueja” mas o S Ten abre as pernas, quando vê o CMT parece uma cadela balançando o rabo, que vergonha.

  3. Não ia omitir nenhuma informação?? E a reunião em 2022 porque não a citou?? O pessoal vive muito no passado. Exemplo o pessoal diz que não devia entregar ninguém? Não precisa o pessoal faz uma devasta no celular e acha muita coisa e o que não for possível a polícia já tem meios de recuperar. Então sempre e sempre a melhor coisa se faz é falar a verdade,pois cedo ou tarde ela aparece.

  4. As defesas dos clientes por parte dos advogados estão cada dia pior, sem nenhuma ética e nenhum compromisso com a verdade. Defesa sem compromisso com qualquer valor ético e moral que a advocacia um dia,por ventura, teve.

    Cid Pai, General, amiguissimo de Bolsonaro tem um filho TC Cid, de carreira promissora e , considerado um FILHO para Bolsonaro. Situação confortável, triplicando o salário e o peso na ficha de ter sido Ajudante de Ordens do presidente da República. Todos ganham com isso, se não fosse o Capitão desajustado que deixou o oficialato como Capitão Pqdt para ser Vereador no Rio. Cumprir ordens criminosas, não absurdas, é para quem está junto no crime, não há absurdos! Todos envolvidos tinham consciência de cometimento de crime, mas prosseguiram porque visualizaram vantagem financeira, na carreira, em status, simples Arrogância e Prepotência, uma Boquinha. Não se trata de ideologia e sim oportunidade de ouro.

    Traíram a Pátria e agora buscam refúgio no regime e nos direitos que eles mesmos desprezavam, para os outros. Mentir na democracia é permitido descaradamente e os advogados na Defesa de seus $ interesses perderam o respeito pela sociedade e até mesmo a Vergonha. Não culpo os comentaristas pois estes se encontram no campo da ilusão ou no da ignorância.

  5. Sequer É Aceita A Tese De Insubordinação Na Justiça Militar, os únicos dois casos registrados foram 1968 devido a “anarquia” nas FA. Não se tratam só de ordens ilegais, mas ordens contra o Estado. Como quem deu as ordens iria justificar? No máximo seria demovido da função e teria uma série de “cartas na manga” para jogar. Será que o Gen Cid também recebeu ordem para vender joias estando na reserva? Poderia estar em uma situação melhor ao invés de ser visto como golpista por uns e traidor por outros.

  6. Não cumpri ordem absurda, solicitei por escrito e hoje só durmo a base de olanzapina, Clonazepan, Clozapina, Lítio, Depakene enquanto isso os 3 oficiais que queriam que eu cumprisse tais ordens absurdas estão por aí em algum lugar do país ou do mundo fazendo cursinhos para aumentarem seus ordenados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo