Sargento do Exército é baleado pelo próprio tio em São Paulo; suspeito é abordado e liberado

Militar está internado no Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP)

Investigações apontam que crime ocorreu por desentendimento familiar; mesmo com extensa ficha criminal, suspeito foi abordado e liberado pela polícia

Um sargento do Exército foi baleado pelo próprio tio, na noite de terça-feira (23), na zona sul de São Paulo. Segundo a investigação, o crime foi motivado por um desentendimento familiar.

Bruno Luiz, de 24 anos, consertava uma moto na garagem da casa de uma outra tia quando foi surpreendido pelos disparos. A vítima ainda tentou escapar, correndo em direção a uma escada, mas foi baleada na coluna cervical e no braço.

Após ser atendido em um hospital municipal na região, Bruno foi transferido e permanece internado no Hospital Militar de Área de São Paulo.

Polícia aborda, mas libera suspeito
O tio do militar foi abordado pela polícia na quinta feira (25), em Para Grande. Mesmo identificado, o homem de 71 anos acabou sendo liberado, por não constar qualquer mandado de prisão expedido contra ele.

Com SBT News e A TRIBUNA

 

Uma resposta

  1. Uma observação sobre o caso. Por alguns anos eu reclamava o fato de o EB não permitir eu servir na terra natal, hoje só tenho a agradecer, os meus parentes só querem sugar e a cidade virou um inferno de inseguro.

    Deus abençoe o sgt e que se recupere rapido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo