Suspeito invade quartel do Exército, furta viatura e foge depois de colidir contra árvore

Marruá colidida contra árvore em Três Lagoas

Veículo foi abandonado após colidir em árvore
Três Lagoas (MS ) – Na noite de sábado (20), uma viatura pick-up “Marruá” foi furtada de dentro das dependências da 3ª Bateria de Artilharia Antiaérea de Três Lagoas, e abandonada na avenida Capitão Olynto Mancini.

Por volta de 22h a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de furto na unidade do Exército. Segundo as informações, o veículo estava guardada no pátio do batalhão, quando foram ouvidos barulhos no fundo do aquartelamento.

Após derrubar o alambrado, o suspeito colidiu a viatura contra uma árvore e a abandonou  cinquenta metros depois,  fugindo a pé. Ele é procurado pela Polícia Militar. O Exército investiga o caso.

Com informações e imagens de Alfredo Neto, do RCN67

 

21 respostas

  1. O exército todo esta perigando esse tipo de ação.
    Soldados da guarda são desaconselhados a reagir pois de qualquer maneira um procedimento irá encontrar um erro em sua conduta.

    O maior receio da guarnição de serviço não é a guarda patrimonial, mas o cerimonial de recepção e a faxina. Todos nós sabemos disso.

    O medo é receber a otoridade combatente que nunca combateu nada, e que tudo esteja bem limpinho para que o fiscal de faxina mais caro do país (lembro que o salário de zelador não passa de 2 mil reais no mercado) não fique chateado e puna, com seus ideais próprios de dever e senso de justiça, seres humanos com prisão.

    Enquanto o exército for apenas vaidade e cerimonial, como um exército do século XIX, esse tipo de ocorrência acontecerá.

    E só não acontece mais pq as pessoas acham que reagimos. Mas não reagimos. Temos medo de tudo, principalmente do ego dos combatentes do papel.

    Se entrasse num quartel da rota, teria sido furado na hora. E quem furou ia ganhar uma medalha, não um IPM.

    Na PM não se usa arma para cerimonial.

    1. O seu comentário é, até o momento, o mais claro, objetivo, transparente e fidedigno com a realidade.

      Foi na mosca!!

      O resto são narrativas para esconder o óbvio.

    2. Verdade. Só quem sabe o dia dia conhece essa realidade.
      É um desfile de vaidades. E o comandante da guarda reza para que o comandante esteja de Bom humor. Pois sua conduta para com seus subordinados depende de seu humor.
      Parece brincadeira. Mas não é.
      Vc disse tudo.

    3. Exatamente isso.
      Passei 32 anos no Exército… tenho vergonha…
      Meus últimos anos foram insuportáveis… mas tive o compromisso moral de ficar até o ápice do que me era possível…

  2. Fica a dica a todos os militares envolvidos, caso leiam.

    Falem a verdade. Falem qual era o maior medo de vocês, o que realmente poderia tirar a liberdade de vocês, que é o cerimonial militar (tenho certeza!).

    Talvez um dia, quando a vaidade começar a ser exposta e responsabilizada por órgãos de fora do exército, deixemos de ser uma instituição que serve mais a ego de uns poucos que qualquer outra coisa.

    A verdade sempre senhores. A verdade tem força. Vocês provavelmente não tem culpa de terem sido amedrontados a reagir, pois com as décadas de sv que possuo sei bem que a preocupação é a continência e a faxina da guarda.

  3. saldado dos bons tempo que assumi serviço, e a ordem era 1 tiro de advertência e outra na cara do bandidos, agora e fazer vista grossa, a que ponto chegamos, acorda Brasil

  4. Sem sombra de dúvidas, atualmente a atividade-meio sobrepujou a atividade-fim no eB.

    Deixam de realizar um exercício de tiro previsto para os soldados em formação, por exemplo, para fazer faxina para a visita do general no dia seguinte.

  5. Conheço esse quartel em Três lagoas, ia sempre me apresentava anualmente na minha prova de vida, Chegava o corpo da Guarda me pediam documentos, e uma guarda, me acompanhava até a seção de inativos, Fico pensando agora, será que esse ladrão de viatura, saiu pelo corpo da guarda, e o guarda não parou a viatura para verifacar doumentos . Ok fazia o Permanência que fica acordado,, justamente para esses casos , . que é um Sgt, ou Adjunto., Estranho isso acontecer dentro de uma Unidade Militar. que eu sei , é a primeira vez, e deveria ser a última, Vergonha total nessa unidade,. 2Sgt QE Pqdt, reformado com 76 anos, triste, muito triste,

  6. Pelo que li agora, o ladrão não saiu pelo corpo da guarda, rebentou o Alambrado, com a Viatura, Mas como ele entrou no quartel , sei que la é muito grande, Mas ligar uma Viatura e sair correndo pelo alambrado é estranho, tinha que meter fogo ,pois tem varios postos de guarda na unidade, ou deveria ter né,Triste , mais um vexame no EB, Triste não

  7. Sem comentários, depois do que fizeram os generais melancias, depois de ligar pro 190 e pedir ajuda porque furtaram um veículo de dentro do quartel, comentar o quê? Brincadeira o que ocorre atualmente no EB. Vergonha nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo