Oficiais do Exército são presos suspeitos de venda ilegal de armas no Maranhão

24 BI SÃO LUÍS

Investigadores descobriram um forte esquema ilegal de venda de armas de fogo para o crime organizado


Judson Sousa
São Luís – Cinco pessoas foram presas, entre elas dois oficiais do Exército, suspeitas de venda ilegal de armas no Maranhão. Segundo a polícia, o armamento foi entregue ao crime organizado do estado.

A investigação, segundo a polícia, começou em maio do ano passado a partir da apreensão de uma pistola encontrada com um traficante em São Luís. Em quase oito meses. Os investigadores descobriram um forte esquema ilegal de venda de armas de fogo para o crime organizado no Maranhão.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão. O esquema era chefiado por dois oficiais do Exército brasileiro. Ambos já estão presos. Outras três pessoas foram presas. Entre elas, um advogado.

Nesta quinta-feira, durante uma coletiva de imprensa, os delegados da Superintendência Estadual de Investigações Criminais deram detalhes de como o tenente e o capitão do Exército faziam para comprar e em seguida vender as armas.

“Nós verificamos que o militar comprou a arma de fogo legalmente, passou a arma para o nome de um laranja em São Paulo, e então vendeu essa arma no mercado ilícito pelo dobro do valor que adquiriu”, afirma o delegado Thiago Dantas.

A superintendência informou que foram apreendidas 17 armas, 545 munições de vários calibres e três veículos.

“Nós também representamos ao Poder Judiciário, considerando o valor auferido por essa associação criminosa com a venda de todas essas armas, uma ordem de bloqueio em contas, uma ordem de sequestro de até R$ 350 mil”, diz o delegado.

sbtNEWS

29 respostas

  1. R$ 350 mil? Esses Of não sabem roubar mesmo kkkk. Teve 01 Oficial que desviava o dinheiro do Auxílio transporte dos recrutas que deram baixa, lucro de R$ 20 mil reais durante 2 anos até ser plotado kkkkk. Precisam aprender com nossos políticos.

  2. Pior disso tudo se estiver estabilidade, vai ser expulso da força, dado como MORTO pra força, e a família continua recebendo o salário, isso sim e que tem que ACABAR, mordomia pra RATOS, mudar e preciso acorda Brasil.

  3. Mas é isso mesmo que o atual governo bonzinho e manipulador quer, com incentivo das mídias, artistas, apoio judiciário, incentivar a criminalidade a agir, prejulgando apoio e proteção de criminosos, despertando a libido criminal, sem fronteiras, sem barreiras, jogando-os contra a sociedade e forças de segurança publica para que sejam exterminados, aprisionados, privados de suas liberdades, enquanto seus defensores desfrutam de suas mansões, viagens internacionais, hotéis de 1ª classe, países de 1º mundo, enquanto endeusam Cuba, Venezuela, Coreia do Norte, Congo, etc. É a psicologia reversa usada com maestria por esses que enchem suas burras de dinheiro publico. Uma hora esse povo vai despertar e entender o quanto são usados e manipulados, esse povo das “minorias” também, que não tem nada de direitos humanos a seu favor, apenas manipulação.

    1. Não tenho dúvida de que os dois larápios votaram no Bozo. Comentário fraco, sem sustentação. Viés ideológico, típico de extremistas.

    2. 2 militares do EB, um deles com certeza é de carreira, cometeram delitos seríssimos que atentam contra toda sociedade.
      É o que diabos o atual governo tem com isso?
      O viés ideológico, que contaminou qualquer assunto de que se fala, está fazendo com que as pessoas percam o senso crítico.
      Esses militares, caso tenham cometido esses atos, são BANDIDOS. Simples assim. Esse papo da direita ou a esquerda serem culpados por ter feito muto sol em um dia e no outro dia não fez, tá enchendo o saco!

  4. História mal contada ou o jornalista que é péssimo mesmo, primeiro que militar só pode ter arma registrada no Sigma, pra transferir deve ser para alguém que também possa ter registro no Sigma, ou seja, militares, policiais ou os cac em geral, para transferir pra um civil deve ter autorização da PF, se a PF autorizou cadê o indiciamento? Cadê a autorização?

  5. Está na hora de ser revisto a questão remuneratória dos militares, em especial os da camada mais baixa, pois as outras carreiras com vencimentos maiores são justamente para se evitar a corrupção, não que ela não poderia existir com salários maiores – moral ínsita de cada ser humano – , todavia isso iria ajudar em questões com a da reportagem. Também, nas diversas comissões (licitações, execução financeira, etc) deveria participar oficiais e Praças como fiscais, principalmente os que não são babões, pois duvido que isso aconteceria ou em menor escala.

    1. Faz aí uma tabela com os valores que vc acha sustentável, para todas as carreiras, desde o recruta, que apresentaremos no próximo fórum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo