Forças Armadas planejam duas simulações de emergência nuclear para 2024

Usina nuuclear de Angra dos Reis 2

Exercícios serão realizados nos municípios de Angra dos Reis e Resende, no Rio de Janeiro

Gabriel Garcia da CNN

Brasília – O Ministério da Defesa anunciou, na terça-feira (26), a realização de exercícios de resposta a emergências nucleares para o próximo ano.

Na portaria, que define as metas institucionais para o 14º Ciclo de Avaliação de Desempenho — que ocorre de 4 de dezembro de 2023 a 3 de dezembro de 2024 — o ministério estabeleceu o objetivo de realizar no mínimo duas simulações.

Segundo o documento, o objetivo principal dessas simulações é coletar dados e avaliar a eficiência das medidas adotadas pelas Forças Armadas em caso de uma emergência nuclear.

Os exercícios serão realizados nos municípios de Angra dos Reis e Resende, no Rio de Janeiro.

Entre as outras metas estabelecidas pelos militares, destacam-se:

  • Desenvolver, pelo menos, dez atividades bilaterais, com Nações Amigas, que contribuam para o incremento da cooperação e da segurança internacional.
  • Celebrar, pelo menos, cinco atos internacionais, voltados para a cooperação na área de defesa com Nações Amigas.
  • Realizar, no mínimo, um exercício com meios e tropas no terreno, em cooperação com a Proteção e Defesa Civil e de Ajuda Humanitária Internacional, envolvendo as Forças Armadas, agências do Brasil e países amigos.

O que é uma emergência nuclear
Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma emergência nuclear se caracteriza por uma situação que exige uma ação imediata para mitigar riscos para a vida humana, a saúde, a propriedade ou o meio ambiente.

Esses casos podem ter origem no uso indevido de fontes radioativas durante aplicações industriais, médicas ou de pesquisa, acidentes durante o transporte de materiais radioativos, desastres naturais e conflitos militares.

CNN Brasil

10 respostas

  1. E as FFAA já começou com os preparativos para festa do dia 08/01.
    Será que terá distribuição de cachorro quente dessa vez?

  2. Vão Fazer um PDA para simular essa emergência, serão duas durante cada serviço, todos com um poncho que já é um abrigo nuclear individual conforme Manual.

  3. Ain, ainn, “resposta a emergências nucleares” é o QUE mesmo, seria enviar recrutas pintar meio fio??????
    Bozonaristas não cansam de passar vergonha a cada nova materia sobre a vasta responsabilidade e competencia constitucional da MAIOR FORÇA ARMADA DA AMERICA LATINA, O CHAMADO EXÉRCITO BRASILEIRO OU FTB ( Força Terrestre DO Brasil).A verdade É Uma Fonte Inesgotavel E Os adoradores do vendedor de joias estão na mentira e eterna fake news, sendo seres que passam vergonha em todas as abordagens serias ee idoneas com um minimo de HONESTIDADE INTELECTUAL.

    1. Huahuahuauauahuahuahuahuahua

      Um dos comentários mais idiotas que já vi por aqui.

      Vou te contar um segredo Militar: Qualquer coisa que você vê relacionada a FFAA pode reduzir para 30% porque 70% é EMBUSTE PURO.

      Qualquer pessoa que já esteve nas FFAA e que seja honesta vai confirmar isso.

      1. Você além de desonesto é burro, se foi “militar” deve ter sido nós escoteiros ….Caso tenha pertencido as FFAA sois um típico traidor da Pátria!
        Qualquer nação que se preze sempre atenta para os recursos estratégicos, como água, petróleo e para tal sobrevivência precisa de existir uma política de defesa nacional que não é feita por pms, guardas municipais ou escoteiros, mas UNICAMENTE por suas respectivas forças armadas, sem elas a nação fica vulnerável a um ataque de organizações criminisas com nivel de guerrilha como FARC, GPO WAGNER, AL KAEDA etc que poderiam em tese instalar seu governo por aqui e assumir o comando da nação que abriu mão da soberania nacional em nome de políticos corruptos com vasta ficha criminal apoiado por asnos e doentes mentais que NADA entendem de segurança nacional e da FUNDAMENTAL importância das FFAA para executar essas medidas de contrainfirmação e contrainteligencia….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo