Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros no Marajó (vídeo)

Carga de cigarros estava armazenada no convés e em outros compartimentos da embarcação (foto: Marinha do Brasil)
Fonte: Agência Marinha de Notícias

Embarcação foi retida e o material será entregue à Receita Federal
Uma operação da Marinha do Brasil e da Polícia Federal (PF) resultou na apreensão de 500 caixas de cigarros contrabandeados do Suriname. Os produtos estavam em um barco, que foi abordado nesta quinta-feira (28), no Oceano Atlântico, nas proximidades do Arquipélago do Marajó.

A embarcação e os cinco tripulantes estão sendo conduzidos para o continente, sob escolta de um Navio-Patrulha da Marinha e de equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes e Grupo Especial de Polícia Marítima da PF. A carga apreendida será entregue à Receita Federal.

A embarcação que transportava os cigarros tem registro no porto de Belém (PA). Os cigarros apreendidos não possuem selo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, sendo considerados ilegais no Brasil.

Contrabando
O Art. 334-A do Código Penal Brasileiro prevê pena de reclusão, de dois a cinco anos, para o crime de contrabando, que consiste em importar ou exportar mercadoria proibida. A pena aplica-se em dobro se o crime é praticado em transporte aéreo, marítimo ou fluvial.
Agência Marinha de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo