Novos blindados dos EUA reforçam Marinha em GLO nos portos

BLINDADOS JLTV-CFN-3-768x525

Viaturas desembarcaram no Porto do Rio de Janeiro para atuar na missão de Garantia da Lei e da Ordem
Ramiro Brites
Quatro blindados — “Joint Light Tactical Vehicle” (JLTV) — desembarcaram nesta quinta-feira no Rio de Janeiro. As viaturas vão atuar na GLO, em curso nos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP).

Os blindados passam por inspeção no Centro de Intendência da Marinha, onde também receberão a pintura camuflada.

Elas fazem parte de uma compra de 12 viaturas contratadas pela Marinha Brasileira junto às Forças Armadas dos Estados Unidos. Quatro blindados chegaram no primeiro semestre e um novo lote deve ser recebido em 2024.

RADAR (veja)

10 respostas

  1. Que matéria ridícula ,.essas Viaturas são do Corpo de Fuzileiros Navais Adquirida em Governo anterior , Não são Contratadas , São Efetivas das FA.

  2. Esses Blindados deveriam ir para o Bope e a Core, pois eles vão para o Confronto real.
    Mas depois que vi em uma Reportagem uma Autoridade Federal entrar no Complexo da Maré sozinho, tive certeza que lá eles não iram atuar.
    Ferrado está o Homem de bem, cada vez mais desamparado numa Sociedade altamente “*&#–“.

  3. Toda hora só se comenta de política.
    Vamos nos atentar nas viaturas.
    Está ficando chato demais comentar ultimamente. Se as viaturas foram compradas no governo anterior sem problemas o importante é que será utilizado pelo corpo de fuzileiros navais

    1. Brasil em processo Civilizatório, sabemos que a receita federal. Só persegue pobre, e uma instituição junto com as forças armadas ( massa de manobra ou marionetes de políticos). Essa GLO está servindo de vitrine para o G20.

  4. Eu não gostei desse blindado , parece blindando inglés da primeira guerra que usava lagarta. Acho que poderia produzir nacional mais barato melhor , nossas faas são eternos vassalos do tio Sam , queimando dinheiro com esse tipo de lixo

    1. Grana jangada fora se acontecer algo sera mais uma morte de algum trabalhador inocente exemplo, quando o pessoa do Exército matou um pai de família e um mendigo à toa, e assim caminha o pobre rico Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo