Cid vai depor na CPI do DF, mas ficará de boca fechada

Tenente-Coronel Mauro César Barbosa Cid. CPMI - 8 de Janeiro - 11.07.2023 Foto: Geraldo Magela/Agencia Senado

Mesmo ouvido na condição de testemunha, Cid ficará em silêncioLauro Jardim
Mauro Cid vai depor amanhã na CPI dos atos de 8 de janeiro na Câmara Legislativa do DF. Mas que ninguém espere qualquer revelação do encrencado ex-faz-tudo de Jair Bolsonaro.
Mesmo ouvido na condição de testemunha, Cid ficará em silêncio — assim como ficou quando depôs na CPI mista dos Atos Golpistas no Congresso.
Em junho, Alexandre de Moraes havia concordado com o pedido de sua então defesa para que Cid pudesse ficar calado.

O Globo

5 respostas

  1. É isso aí mesmo, fica calado para não entregar o “Minto” do gado patriotário, o cara pálida mais honesto do mundo…kkkkkkkkkkkkkkk

  2. Já passou da hora do congresso voltar os olhos para advocacia, essencial a justiça mas completamente desvirtuada de ética, moralidade e uma espécie de ” vale tudo por dinheiro “.

    Se o Cid disser que pensava que o relógio era um Casio, tem que mandá-lo pra Bangu já Expulso do Exército, na mesma hora.

    Se juntar Wassef, Nogueira, Bolsonaro, o advogado do Cid…caminhando em uma rua escura, eu sairia correndo ou pularia pra dentro de um pátio. Parece a cena inicial do filme MIB…

  3. Isso aí, pelo menos não entra mosquito e também não fala “M”. Entuba tudo e seja um “herói Bozóide”, enquanto o seu mito te tripudia com aos demais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo