Da série “Em busca do fundo do poço…”

Fundo do poço charge

7 respostas

  1. Mete todos na Papuda…

    Agora querem quebrar o sigilo fiscal do Bozo. Não vão encontrar nada! Dá loja de chocolates, dos imóveis, das contas da micheque, tudo é pago com dinheiro vivo!

    Bandido esperto…

  2. ué a seis meses atrás se Alguém Comentasse alguma coisa sobre o faz tudo logo aparecia um Comentário rebatendo afirmando que seria INSEJA, no caso em questão seria furto e corrupção mesmo.

  3. O fato de militares se envolverem em escândalos não é nenhuma vergonha para a Instituição, para isso existe o RDE, o Conselho de Disciplina, O ministério Público Militar, o STM. A vergonha é o acobertamento constante e o discurso contrário, como se o simples falar e lançar notas dizendo que a Instituição não compactua com desvios fosse resolver. Quem convive internamente sabe que isso tudo é mero reflexo dos desmandos e do tratamento desigual cotidiano na tropa, do apadrinhamento, do acobertamento, das sindicâncias e IPM feitos pelos colegas que lá em 1988 permitiram que um capitão alterado fosse abençoado.

  4. O seu preconceito contra os seus nacionais não ajuda a melhorar a situação.

    Sim, temos uma identidade frouxa, que é explicada em parte e amplificada pela escravidão (recente).

    O princípio é simples, ama-se o parecido, ou a si próprio (a família é o melhor exemplo), e detesta-se o diferente, ou o outro ameaçador da sua integridade.

    Os orientais, de uma forma geral, têm mais vergonha porque se sentem mal perante os seus semelhantes quando fazem algo errado. Já os povos que foram dominados, surrados, sacaneados, com quiser, principalmente nas Américas, estão, ainda, construindo essa identidade (ou amor, se você não tiver problema com a palavra).

    Não confundir, como querem os racistas, com a genética inferior. nada a ver. Tem a ver com amor ao próximo.
    Enquanto, não estimularmos a integração (e a diminuição da desigualdade social é a principal ferramenta) de nossos nacionais, retardará, ainda mais, os problemas sociais que enfrentamos corriqueiramente. A corrupção, meu amigo, é só um dos sintomas do separação e distanciamento das classes.

    As Famílias Cid, Bolsonaro e Cia devem ser punidos para mostrar a nossa sociedade que, como sociedade, temos dignidade e que temos orgulho de corrigir o erro. Agora, dizer que todo mundo é errado, não dá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo