Coronel recebeu ordem de não ir fardado à CPI: “não representa o Exército”

Coronel Lawland a paisa na CPI

As ações do coronel Lawland “não representam” o Exército, segundo assessores do comandante Tomás Vieira Paiva. Por isso, a ordem foi para que o militar comparecesse à paisana ao depoimento na CPMI dos Atos Golpistas nesta terça-feira (27).

 

12 respostas

  1. Dizem que esse Coronel, quando comandou uma Guarnição militar, prejudicou vários Sargentos. Na frente dos Deputados e Senadores, ficou mansinho.

    Kkkkkkkkkk

  2. As Forças Armadas do Brasil sofreram a maior e mais devastadora derrota de sua história, sem guerra, sem batalha e nem mesmo uma simples escaramuça.
    Foram totalmente, literalmente derrotados em todos os sentidos possíveis e imagináveis.

    O exemplo mais escandaloso é o Exército, onde alguns generais realizaram uma sabotagem institucional que chamou, perigosamente, a atenção até mesmo de outros países.
    Os estrategistas de todo o mundo estão tentando entender como uma força de 360 mil soldados, comandada por 150 generais, foram vergonhosamente FINALIZADAS por 11 Ministros do Supremo e um Ladrão Chefe de uma Facção Criminosa.

    O Comando do Exército conseguiu – através de prevaricação, covardia e cumplicidade diante de um flagrante crime eleitoral seguido de golpe de estado, – trair a pátria e 90% dos cidadãos brasileiros que são honestos e que sempre tiveram amor e respeito pela instituição militar

    1. Quando eu digo isso sou chamado de Bolsominium, ou quando a fala afetada é dita pelos mais sensíveis, chamado de antidemocrático, esse país precisava mesmo passar por uma guerra, interna ou externa, só assim pra amadurecer um pouco.

  3. O EB fez certo, imagina ouvir aquilo tudo que foi dito fardado, exporia ainda mais a instituição que nada tem a ver com esse “caldo entornado”, pois foi conduta individual.

  4. Conforme ele afirmou: – “Sou um simples coronel…”
    Nem a direita nem a esquerda defendeu o camarada, infelizmente dessa vez não tem como culpar os Praças por nada.

    Bom é que a máxima realmente funciona: – “Ganho Mal mas me divirto”.

  5. Sou praça e servi dois anos com o Cel Lawand, já como cel. posso afirmar que é um excelente militar e ser humano. O que quiseram fazer com ele, em favor de uma narrativa, foi uma palhaçada descabida.

  6. Coronel recebeu ordem de não ir fardado à CPI: “não representa o Exército”
    junho 27, 2023
    11 Comentários
    As ações do coronel Lawland “não representam” o Exército, segundo assessores do comandante Tomás Vieira Paiva. Por isso, a ordem foi para que o militar comparecesse à paisana ao depoimento na CPMI dos Atos Golpistas nesta terça-feira (27).

    “Não Representa O Exército”
    e nem é do alto comando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo